11 de Outubro de 2017 / às 21:26 / em 2 meses

Academia organizadora do Oscar fará reunião para discutir alegações contra produtor Harvey Weinstein

(Reuters) - A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que organiza o Oscar, disse nesta quarta-feira que realizará uma reunião especial no sábado para discutir as alegações contra o produtor Harvey Weinstein.

“A Academia considera repugnante, abominável e antiética a conduta descrita nas alegações contra Harvey Weinstein, perante os elevados padrões que a Academia e a comunidade criativa representam”, disse a entidade em um comunicado.

“A diretoria realizará uma reunião especial no sábado, dia 14 de outubro, para discutir as alegações contra Weinstein e quaisquer ações a serem tomadas pela Academia.”

Uma porta-voz de Weinstein, Sallie Hofmeister, não respondeu imediatamente a pedidos de comentário sobre o posicionamento da organizadora da cerimônia do Oscar.

O comunicado vem após acusações de que Weinstein abusou sexualmente de diversas mulheres nas últimas três décadas. Ele nega ter mantido relações sexuais não consensuais.

Nesta quarta-feira, Weinstein foi suspenso da academia britânica de filmes Bafta.

Weinstein tem uma estatueta do Oscar, conquistada em 1999 após vencer o prêmio de melhor filme com “Shakespeare Apaixonado”.

Por Jill Serjeant

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below