December 8, 2017 / 6:20 PM / a year ago

Bryan Singer, diretor da franquia 'X-Men', é processado por suposta agressão sexual

Diretor Bryan Singer chega para evento em Londres 9/5/2016 REUTERS/Hannah McKay

LOS ANGELES (Reuters) - Bryan Singer, o diretor da franquia de filmes “X-Men”, foi processado devido a uma suposta agressão sexual contra um adolescente de 17 anos em 2003, de acordo com uma ação civil apresentada ao Tribunal Superior do condado de King, no Estado norte-americano de Washington.

Singer negou a acusação.A ação civil, registrada na quinta-feira em nome de um homem chamado Cesar Sanchez-Guzman, disse que a suposta agressão aconteceu na área de Seattle, durante uma festa a bordo de um iate em que houve consumo de álcool, de acordo com documentos da corte.

Na ação civil, Sanchez-Guzman alega que Singer era convidado da festa e que o levou para passear pelo barco e o agrediu sexualmente. O processo acusa o diretor de agressão sexual e agressão física, inflição intencional de sofrimento emocional e exploração sexual de criança.Andrew Brettler, porta-voz de Singer, disse que as alegações são falsas e que o caso fracassará como outro de que seu cliente foi acusado em 2014.”Bryan nega categoricamente estas alegações e irá se defender desta ação civil veementemente até o fim”, disse Brettler em um email.

A Reuters não conseguiu confirmar de maneira independente nenhuma das alegações feitas no processo, que pede que quaisquer indenizações sejam determinadas em um julgamento.

Reportagem de Piya Sinha-Roy 

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below