December 24, 2017 / 1:42 PM / 8 months ago

Presidente-executivo do Miss America pede demissão após notícia sobre emails depreciativos

(Reuters) - O líder da organização que promove o concurso de beleza Miss America e outros executivos do grupo pediram demissão no sábado, após reportagem nesta semana alegando que ele teria enviado emails depreciativos sobre vencedoras anteriores.

A demissão de Sam Haskell como presidente-executivo da organização Miss America foi acompanhada pela saída do presidente da organização, da presidente do conselho e de um membro do conselho.

Haskell havia sido suspenso na sexta-feira, um dia após uma reportagem do Huffington Post sobre os emails internos.

“Nesta tarde, o conselho de diretores da organização Miss America aceitou a demissão do presidente-executivo Sam Haskell, com efeito imediato,” disse o presidente interino no conselho, Dan Meyers, em comunicado.

Lynn Weidner, presidente do conselho da organização de 96 anos, também pediu demissão, mas permanece no conselho por até 90 dias para garantir uma transição suave à nova liderança, disse Meyers. Josh Randle, presidente e diretor de operações, também vai deixar o cargo, mas vai permanecer temporariamente, disse uma porta voz em comunicado.

Na sexta-feira, Tammy Haddad, membro do conselho, disse em um comunicado que estava se demitindo, com efeito imediato.

Haddad se referiu em emails a vencedoras anteriores do Miss America como “descontentes” e sugeriu contratar um investigador para monitorar as atividades de antigas vencedoras, informou o Huffington Post.

Em um email à Reuters, Haddad, disse que sua intenção ao sugerir a investigação era somente para descobrir a origem de “ataques anônimos” que tinham sido lançados contra a organização em fóruns da comunidade online privada do Miss America.

Um representante de Haskell não retornou emails no sábado pedindo comentários. Weidner e Randle não foram imediatamente localizados para comentar.

Haskell, em um comunicado acompanhando sua suspensão na sexta-feira, disse que os emails citados pelo Huffington Post foram “convenientemente editados”.

“Eu estava sob estresse de um ano inteiro de ataques de duas misses e embora eu não queira apresentar uma desculpa, eu quero oferecer um contexto”, disse Haskell.

A Reuters não obteve os emails citados pelo Huffington Post.

Em alguns emails, Haskell estava depreciando antigas vencedoras do concurso, chamando uma mulher de “gigante” e “nojenta” e comentando sobre sua vida sexual em emails que ele enviou em 2014 e 2015, segundo o Huffington Post.

Haskell fez os comentários degradantes sobre o peso da antiga vencedora em resposta a um email de Weidner, que anexou uma foto de diversas antigas misses, mas não comentou sobre a foto, disse o site de notícias.

Por Alex Dobuzinskis, em Los Angeles

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below