January 9, 2018 / 1:49 PM / 9 months ago

Descoberta arqueológica no Peru lança luz sobre vida política de antiga sociedade

LIMA (Reuters) - Arqueólogos descobriram duas câmaras usadas para cerimônias políticas há mais de 1.500 anos na costa deserta do Peru, que anteriormente só haviam sido vistas nas ilustrações da antiga população moche, disse um arqueólogo nesta segunda-feira.

A descoberta, feita nas ruínas de um complexo arqueológico na região de Lambayeque, fornecerá importantes pistas para compreender a vida política da sociedade moche antes de seu repentino declínio, disse o líder da equipe de arqueólogo, Walter Alva.

Um dos cômodos possui dois tronos, onde um líder e convidado provavelmente desfrutavam de banquetes elaborados, disse Alva. O outro tem um palco circular, possivelmente utilizado para anúncios.

Os eventos que aconteceram nas câmaras eram tão importantes que foram representados repetidamente nas cerâmicas moche, disse Alva.

“Essas cenas haviam sido retratadas na iconografia do mundo moche, mas nós nunca tínhamos tido sorte suficiente para encontrar fisicamente onde elas aconteciam”, disse. “É uma descoberta muito importante.”

Os moche, uma das muitas sociedades complexas que prosperaram no Peru antes do surgimento do império inca, governaram uma vasta faixa de deserto costeiro do ano 100 até 700 d.C., graças a canais de irrigação construídos para cultivar plantações nos vales do deserto.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below