January 25, 2018 / 4:59 PM / in 10 months

Cinema russo desafia proibição oficial e exibe filme satírico sobre Stalin

Pessoas assistem a filme sobre Stalin em Moscou 25/1/2018 REUTERS/Tatyana Makeyeva

MOSCOU (Reuters) - Um cinema russo exibiu o filme satírico “The Death of Stalin” (A Morte de Stalin) para uma plateia lotada nesta quinta-feira, apesar de o Ministério da Cultura da Rússia ter cancelado o lançamento do filme alegando que o longa zomba do passado soviético do país.

Perguntado sobre a exibição no cinema Pioneer, em Moscou, o Ministério da Cultura, que mais cedo nesta semana retirou uma licença para o lançamento geral do filme, disse em comunicado que qualquer um que desafiar a proibição será responsabilizado legalmente pelas ações. Funcionários do cinema se negaram a comentar.

Em uma exibição à tarde, os cerca de 80 assentos do auditório do cinema foram ocupados, e alguns espectadores tiveram que sentar no chão, de acordo com um repórter da Reuters que estava no cinema.

    O filme, do diretor escocês Armando Iannucci, mostra traições e confrontos entre os aliados mais íntimos do ditador soviético Josef Stalin, conforme disputam pelo poder imediatamente após sua morte, em 1953.

    Um dos espectadores, o empresário Denis Aksyonov, de 40 anos, disse gostar da sátira televisiva norte-americana “Veep”, que Iannucci criou, e que esperava que “The Death of Stalin” fosse similarmente divertida.

    “Acho que é saudável rir sobre questões difíceis, eu acho que torna mais fácil e menos difícil para a sociedade lidar com elas”, disse Aksyonov antes da exibição.

    Ele afirmou ser lamentável que uma tempestade política tenha se formado ao redor do filme, mas que tentou ignorar tais coisas. “Muito bem ao Pioneer por fazer a exibição, eles estão demonstrando sua postura cívica”, disse.

Stalin foi repudiado pela União Soviética após sua morte. Ele é reconhecido como responsável pela morte de milhões, através de políticas que incluem a coletivização forçada de fazendas, que causaram fome, e de uma sucessão de expurgos que resultaram em execuções em massa e aprisionamento em diversos campos.

Mas a liderança de Stalin durante a Segunda Guerra Mundial, quando o Exército Vermelho repeliu uma ocupação alemã, ainda é vista por muitos russos como uma das maiores conquistas do país.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below