March 28, 2018 / 8:08 PM / 5 months ago

'Roseanne' volta à TV norte-americana com audiência enorme na era Trump

LOS ANGELES (Reuters) - “Roseanne”,  seriado cômico de televisão dos anos 1990 sobre uma família norte-americana da classe trabalhadora, teve uma grande audiência em sua volta à rede ABC depois de 20 anos, atraindo mais de 18 milhões de espectadores.

Dados de audiência divulgados nesta quarta-feira mostraram que a estreia da nova encarnação da série, que conta com os membros do elenco original Roseanne Barr e John Goodman, foi o programa mais assistido da TV dos Estados Unidos na noite de terça-feira, quando 18,2 milhões de pessoas o acompanharam.

Roseanne disse querer que o revival, no qual interpreta uma avó que votou no presidente Donald Trump, retrate um país no qual metade dos eleitores fizeram a mesma escolha de sua protagonista na eleição de 2016.

Ela disse que também votou em Trump.

A ABC disse que os dois episódios iniciais, exibidos em sequência, também atraíram cerca de 1,5 milhão de espectadores a mais do que o encerramento de “Roseanne” em maio de 1997 – uma era na qual os norte-americanos tinham menos opções do que as oferecidas por serviços de streaming como Netflix e Amazon.

A estreia também foi a comédia mais assistida da TV norte-americana desde setembro de 2014.

A “Roseanne” original, que esteve no ar entre 1988 e 1997, tratava de uma família de operários, os Conners, cujos pais acima do peso lutam para sobreviver na cidade fictícia de Lanford, no Illinois, e foi elogiada por ser um retrato realista da vida da classe trabalhadora.

Por Jill Serjeant

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below