for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Procuradoria da Espanha acusa Shakira de fraude fiscal

Shakira se apresenta em festival em Bcharre, Líbano 13/7/2018 REUTERS/ Jamal Saidi

MADRI (Reuters) - A Procuradoria da Espanha apresentou acusação de fraude fiscal contra a cantora colombiana Shakira, alegando que ela deixou de pagar 14,5 milhões de euros no país onde atua seu marido, o jogador Gerard Piqué, afirmou porta-voz da procuradoria.

A Procuradoria alega que a cantora evitou pagar mais de 14,5 milhões de euros em impostos durante um período de três anos em que viveu na região espanhola da Catalunha, relatou a agência de notícias Europa Press.

Representantes da cantora disseram em nota que ela só foi morar na Espanha em 2015 e cumpriu com todas as obrigações tributárias com autoridades espanholas.

A artista do sucesso “Hips Don’t Lie” e Piqué estão juntos desde o início da década e têm dois filhos.

Esse é o caso mais recente em que uma personalidade de destaque é acusada de sonegar impostos na Espanha, após investigações contra os jogadores de futebol Messi e Cristiano Ronaldo.

Reportagem de Rodrigo de Miguel

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up