September 27, 2019 / 8:51 PM / a month ago

Príncipe Harry segue os passos da mãe Diana em visita a Angola

JOHANESBURGO (Reuters) - O príncipe britânico Harry seguiu os passos de sua falecida mãe nesta sexta-feira, vestindo um colete durante uma visita a um projeto de remoção de minas terrestres em Angola que lembrou uma série de imagens famosas da princesa Diana feitas mais de 20 anos atrás.

Foto combo de princesa Diana em Huambo, Angola 15/1/1997 REUTERS/Juda Ngwenya e o príncipe Harry em visita a local de trabalho para retirada de minas em Dirico, Angola 27/9/2019 Dominic Lipinski/Pool via REUTERS

Harry, neto da rainha Elizabeth e sexto na linha sucessória ao trono, visitou um campo de remoção de minas terrestres nos arredores de Dirico, cidade da província angolana de Cuando Cubango, onde detonou uma mina remotamente com uma explosão controlada. Ele também se encontrou com membros da comunidade.

Depois ele visitou Huambo, refazendo os passos da mãe em uma rua que já foi um caminho em um campo minado perigoso.

O príncipe, de 35 anos, percorreu a rua Princesa Diana e se sentou debaixo da Árvore de Diana, o local em que sua mãe, que fez campanha pela proibição global às minas terrestres, foi fotografada.

“Foi comovente refazer os passos de minha mãe ao longo desta rua 22 anos depois e ver a transformação que aconteceu, de um lugar inseguro e desolado para uma comunidade vibrante e negócios e faculdades locais”, disse Harry.

“Mas não percamos a realidade de vista. Vinte e dois anos depois de minha mãe visitar Angola, ainda há mais de mil campos minados neste país lindo que precisam ser liberados. Eu me pergunto se, ela ainda estando viva, ainda seria o caso. Aposto que ela teria ido até o fim”.

As imagens de Diana usando equipamento de proteção ao caminhar entre placas vermelhas com desenhos de caveiras em Huambo, em janeiro de 1997, serviu de publicidade para a HALO Trust, que estava retirando minas remanescentes da guerra civil de Angola.

As fotos foram feitas alguns meses antes de sua morte, em um acidente de carro em Paris. O tratado internacional para banir tais armas foi assinado no final daquele mesmo ano.

A visita de Harry a Angola faz parte de uma turnê que ele, sua esposa, Meghan, e seu filho de 4 meses, Archie, empreendem pelo sul africano. Sua primeira viagem ao exterior em família começou na África do Sul na segunda-feira.

Em junho, o príncipe emprestou seu prestígio aos esforços de remoção de minas em Angola, dizendo que as minas terrestres são “uma questão humanitária, e não política”.

Ele irá ainda ao Malauí, onde se encontrará com o presidente, Peter Mutharika, e prestará homenagem no local do memorial do soldado britânico Mathew Talbot, que foi morto em maio quando participava de operações contra caçadores ilegais no país.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below