October 29, 2019 / 8:57 PM / in 13 days

Criadores de "Game of Thrones" desistem de nova trilogia "Star Wars"

(Reuters) - A saída dos criadores de “Game of Thrones” do novo filme “Star Wars” deixou em suspenso as histórias futuras da saga de ficção científica nesta terça-feira, mas alguns fãs comemoraram sua partida.

David Benioff (à esquerda) e Dan Weiss em evento em San Francisco, Califórnia 23/3/2015 REUTERS/Robert Galbraith/

David Benioff e D.B. Weiss haviam sido contratados em 2018 para escrever e produzir uma trilogia de filmes novos da bem-sucedida franquia da Walt Disney, e o primeiro deles estava agendado para um lançamento em dezembro de 2022.

Mas os responsáveis pela série de fantasia medieval exitosa da HBO disseram estar abandonando o projeto para se concentrarem em um novo trabalho para o serviço de streaming Netflix.

“Nós amamos ‘Star Wars’. Quando George Lucas o criou, ele nos criou também”, disseram Benioff e Weiss em um comunicado divulgado na noite de segunda-feira.

“Mas só existe um certo número de horas no dia, e sentimos que não conseguiríamos fazer justiça tanto a ‘Star Wars’ quanto aos nossos projetos na Netflix. Então estamos nos afastando com pesar”, acrescentaram.

A Disney disse que a expectativa era que a trilogia de Benioff e Weiss contasse uma história separada da saga Skywalker, que começou com o filme de 1977 estrelado por Mark Hamill, Carrie Fisher e Harrison Ford e que deve ser concluída com o lançamento de “Star Wars: The Rise of Skywalker” em dezembro.

A Disney e a Lucasfilm não responderam nesta terça-feira a pedidos de comentário sobre como sua saída afetará o episódio planejado para 2022, cujos detalhes não haviam sido anunciados.

A franquia “Star Wars” é uma das mais valiosas de Hollywood. “Os Últimos Jedi”, de 2017, arrecadou 1,3 bilhão de dólares nas bilheterias de todo o mundo, e no início deste ano a Disney inaugurou atrações “Star Wars” em seus parques temáticos norte-americanos da Califórnia e da Flórida.

Fãs pareceram aliviados com a desistência de Benioff e Weiss, dada a decepção generalizada com a conclusão de “Game of Thrones” neste ano.

Outros torceram para que sua saída abra caminho para a primeira mulher dirigir ou roteirizar um filme “Star Wars”.

“Pensem em quantas pessoas que não são homens brancos AMAM #StarWars e ficariam mais do que felizes de ser parte da próxima fase da franquia!”, escreveu Liz Shannon Miller no Twitter.

A Disney também anunciou uma trilogia “Star Wars” separada a cargo de Rian Johnson, diretor de “Os Últimos Jedi”, mas nenhuma data de lançamento foi revelada.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below