November 25, 2019 / 11:49 AM / 20 days ago

Taylor Swift é homenageada como artista da década e bate recorde no American Music Awards

(Reuters) - A cantora Taylor Swift conquistou seis prêmios no American Music Awards (AMA), no domingo, ultrapassando o recorde de Michael Jackson, e não fez qualquer menção direta à polêmica disputa que trava com sua antiga gravadora.

Taylor Swift recebe prêmio de "artista da década" no American Music Awards 24/11/2019 REUTERS/Mario Anzuoni

Swift ganhou o maior prêmio da noite, artista do ano, e outros quatro. Ela também foi homenageada como artista da década, elevando seu total a 29 AMAs, disseram os organizadores do evento, um número que ultrapassa os 24 de Jackson.

“Tudo que importa para mim são as memórias que tive com vocês, pessoal, com os fãs, ao longo dos anos”, disse Swift durante seu discurso em Los Angeles após uma apresentação marcada por grandes sucessos da carreira.

A expectativa era de que Swift se manifestasse sobre a prolongada disputa com o executivo Scooter Braun, que é dono dos direitos de todos os seis primeiros álbuns da cantora desde que ela assinou com uma nova gravadora em 2018.

Na semana passada, Swift acusou Braun de negar a permissão para que ela cantasse suas próprias músicas na premiação. A polêmica ganhou um novo capítulo quando o empresário alegou que sua família recebera inúmeras ameaças de morte depois que a estrela pop pediu que seus 122 milhões de seguidores no Instagram deixassem Braun “saber como se sentiam” sobre a proibição.

No domingo, entretanto, a cantora não mencionou a questão, embora tenha iniciado sua apresentação vestida com uma camisa branca estampada com o nome de seus antigos álbuns.

“Este ano, para mim, tem sido muito. Tem sido de muita bondade, tem sido de muitas complicações reais”, disse ela, sem detalhar.

A novata Billie Eilish, de 17 anos, levou duas estatuetas para casa por melhor artista revelação e melhor artista alternativo de rock, resultado que veio após um ano de sucesso com seu hit “Bad Girl” no topo das paradas musicais dos Estados Unidos.

“Vocês fizeram tudo isso acontecer”, agradeceu Eilish aos fãs.

Selena Gomez abriu a cerimônia com sua primeira performance ao vivo na TV em dois anos, depois de passar por um transplante de rim em 2017 e lutar contra a ansiedade e a depressão.

Outras apresentações contaram com nomes como Lizzo, Camila Cabello, Shawn Mendes, Ozzy Osbourne, Post Malone, Green Day, Jonas Brothers, Kesha, Christina Aguilera, Shania Twain, entre outros.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below