November 29, 2019 / 2:41 PM / in 13 days

Análise revela que Elizabeth 1ª traduziu Tácito para o inglês

Carta escrita pela rainha Elizabeth 1ª 26/06/2007 REUTERS/James Boardman

LONDRES (Reuters) - Elizabeth 1ª, uma das monarcas mais amadas da Inglaterra, foi revelada como a tradutora responsável por uma versão em inglês de um texto antigo de Tácito que descreve a alta política, as traições e a devassidão da elite romana.

Foi provado que uma tradução do século 16 do primeiro livro dos Anais de Tácito, escrita em itálico elegante e em papel pautado, é de autoria da rainha, graças a uma análise da letra de mão, de seu estilo de escrita e do tipo de papel usado.

“A tradução do manuscrito dos Anais de Tácito hoje preservada na Biblioteca do Palácio de Lambeth é obra de Elizabeth 1ª”, escreveu John-Mark Philo na Review of English Studies.

“Elizabeth mostra algum empenho em manter a densidade da prosa de Tácito e sua elogiada brevidade”, explicou Philo. “Ela acompanha os contornos da sintaxe latina com um comprometimento notável, mesmo correndo o risco de obscurecer o sentido em inglês”.

Tácito, um historiador do Império Romano, retrata Tibério e Nero como tiranos e relaciona a devassidão e a corrupção dos governantes do império.

Elizabeth teve uma infância tumultuada, que incluiu a desonra e a morte de sua mãe e a perseguição de sua meia-irmã Mary 1ª, e ascendeu ao trono aos 25 anos.

Conhecida como “A Rainha Virgem”, ela reinou de 1558 a 1603 e frustrou uma tentativa espanhola de derrotar a Inglaterra, mas nunca se casou nem indicou um sucessor.

Por Guy Faulconbridge

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below