for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

ENTREVISTA-Atores por trás de C-3PO e Chewbacca falam sobre experiência na saga "Star Wars"

LOS ANGELES (Reuters) - O ator Anthony Daniels interpretou o dróide estressado C-3PO em dez filmes da franquia “Star Wars” ao longo de 42 anos. Sua próxima aparição nos cinemas será na quinta-feira, na estreia de “A Ascensão Skywalker”.

Joonas Suotamo, que interpreta Chewbacca em Star Wars: A Ascensão Skywalker. REUTERS/Simon Dawson

O colega Joonas Suotamo vestiu o traje peludo de Chewbacca em 2015 para “O Despertar da Força” e vive o imenso wookiee na telona pela quarta vez no novo episódio.

Daniels e Suotamo conversaram com a Reuters sobre seus personagens, seus trajes e sobre como tentaram conquistar o ex-parceiro de elenco Harrison Ford. A seguir, trechos editados da conversa.

P: Quando tudo começou, quando vocês leram o primeiro roteiro de “Star Wars”, o que pensaram deste filme, desta história com um dróide falante e um copiloto wookiee?

Daniels: Não entendi nada, a não ser o fato de que gostei muito de C-3PO, do personagem que estavam me oferecendo, e aceitei. E ele era um personagem que parecia ter uma qualidade diferente dos humanos, da princesa, dos heróis, Luke Skywalker, tudo isso.

P: Você se perguntou se daria certo?

Daniels: Não tínhamos fé nenhuma naquilo. George Lucas levou tudo aquilo adiante e meio que ignorou nossas risadinhas e tudo o mais. E agora, meus sinceros parabéns a ele todos estes anos mais tarde.

P: O que vocês menos gostam nos seus trajes?

Daniels: Ele é lindo do lado de fora, mas vendo de dentro meu mundo é todo através de pequenos orifícios. Então tenho que me concentrar muito para não trombar com coisas que não vejo.

Suotamo: Minha autonomia. Perco um pouco dela quando visto o traje porque estou vestindo algo que é bem caro e muito valioso para o filme. Quando estou comendo alguma coisa, tenho que estar atento ao traje. Às vezes isso fica ligeiramente irritante, mas os prós sempre superam os contras quando você está interpretando um dos personagens emblemáticos de “Star Wars”.

P: Quanto tempo você levou para acertar o rugido?

Suotamo: Levou umas duas semanas, porque eu queria impressionar Harrison Ford. É desnecessário dizer que ele não ficou muito impressionado.

Daniels: Ele nunca fica. É terrível. Ele já viu de tudo.

P: Como você descreveria a personalidade (de Chewbacca)?

Suotamo: Acho que ele é teimoso, leal e extremamente inflexível quando se trata da segurança de seu amigo. Ele tem muito interesse que todos sobrevivam. É isso que faz de Chewbacca um cara legal.

P: O personagem (C-3PO) evoluiu? Ele é um dróide. Ele pode evoluir?

Daniels: Ele é uma máquina. É um dróide. Sim. Mas se você tomar o exemplo de um microondas ou uma lavadora, é uma lavadora. Mas você pode colocar coisas diferentes dentro dela e talvez fazê-las desbotar um pouco ou algo assim. Então ele depende muito das circunstâncias em que é colocado. E em “A Ascensão Skywalker”, caramba, ele foi colocado bem no centro.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up