December 23, 2019 / 3:24 PM / a month ago

Tradição à Monty Python: teatro de marionetes em Bruxelas adiciona humor a história natalina

Teatro Real Toone em Bruxelas, Bélgica 19/12/2019 REUTERS/Francois Lenoir

BRUXELAS (Reuters) - Um teatro de marionetes em Bruxelas tão antigo quanto a própria Bélgica é palco de sua própria apresentação natalina com uma pitada de humor à Monty Python na tradicional história do nascimento de Jesus.

“É tipo uma paródia, um pouco como a Vida de Brian, do Monty Python. Não queremos ser desrespeitosos, mas... realmente não é a Bíblia”, disse Nicolas Geal, diretor do Teatro Real de Toone, na capital belga.

“Não sei se vou para o céu ou para o inferno por encenar isso”, acrescentou com um sorriso.

A Vida de Brian, um filme de 1979 escrito pelos comediantes britânicos do grupo Monty Python, é uma sátira sobre um judeu nascido no mesmo dia e na vizinhança de Jesus, o que, mais tarde, faz com que o homem seja confundido com o Messias. À época, o filme foi recebido com protestos por uma suposta blasfêmia.

Encenando o longa, o conto de Natal de marionetes apresenta com acentuados sotaques estrangeiros, particularmente dos Três Reis Magos, muitas piadas e gírias com um tom local.

O teatro foi criado em 1830, mesmo ano de fundação da Bélgica. O local conta com 1.400 marionetes, algumas do século 19, e já foi palco de montagens diversas, desde a ópera Carmen ao romance gótico Drácula, incluindo o drama shakespeariano Hamlet.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below