December 30, 2019 / 2:23 PM / a month ago

Ativista dos direitos civis John Lewis anuncia estar com câncer

Ativista dos direitos civis John Lewis 11/01/2017 REUTERS/Joshua Roberts

WASHINGTON (Reuters) - O deputado democrata John Lewis, um ícone do movimento de direitos civis dos Estados Unidos, informou no domingo que foi diagnosticado com câncer no pâncreas.

Lewis, de 79 anos, que foi espancado por policiais e multidões brancas durante a luta pelos direitos civis nos anos 1960 e angariou ainda mais respeito como membro negro destacado do Congresso dos EUA durante mais de três décadas, disse que está “lúcido” quanto à gravidade do diagnóstico.

“Jamais enfrentei uma luta como a que tenho agora”, disse ele em um comunicado, acrescentando que o câncer está no estágio quatro.

Lewis, filho de um meeiro do Alabama que foi eleito como deputado da Geórgia na Câmara dos Deputados pela primeira vez em 1986, disse que voltará a Washington nos próximos dias para iniciar um tratamento.

“Posso perder algumas votações durante este período, mas com a graça de Deus voltarei à linha de frente em breve”, disse.

Lewis foi um protegido do líder de direitos civis Martin Luther King Jr. Ele comandou ocupações para integrar restaurantes exclusivos para brancos, foi um dos “Passageiros da Liberdade” originais que integraram ônibus e sofreu uma fratura craniana quando um patrulheiro estadual branco o golpeou com um bastão durante uma marcha em Selma, no Alabama, pelo direito de voto dos negros em 1965.

Por Jason Lange

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below