January 3, 2020 / 5:31 PM / in 5 months

Ricky Gervais volta a apresentar o Globo de Ouro na era de Trump e #MeToo

(Reuters) - O Globo de Ouro dá a largada na temporada de premiações de Hollywood no domingo, mas a atração mais comentada do jantar normalmente regado a muito álcool em Beverly Hills poderá ser o humor implacável do apresentador Ricky Gervais.

Ricky Gervais durante premiação em Beverly Hills 28/10/2016 REUTERS/Danny Moloshok

Gervais, comediante britânico sem papas na língua, volta pela quinta vez e já promete não deixar pedra sobre pedra.

“Tome uma bebida toda vez que uma celebridade parecer estar com vontade de me esmurrar na cara”, sugere ele aos espectadores em um vídeo de divulgação da cerimônia.

Se a nata de Hollywood e a audiência de televisão dos Estados Unidos o receberão bem depois de quatro anos é algo que ninguém sabe.

“Este é um momento diferente em Hollywood do que quando Ricky Gervais apresentou o show pela última vez”, opinou Matthew Belloni, diretor de editorial da revista Hollywood Reporter.

“Estamos no meio do movimento #MeToo, da pressão por diversidade, da reação negativa a muita coisa de Trump. Ele é, de muitas maneiras, um apresentador vindo de uma época em que não tínhamos todas essas preocupações.”

Gervais, criador e astro da comédia de TV britânica “The Office”, comandou o Globo de Ouro pela última vez em janeiro de 2016 – muito antes da eleição e do impeachment do presidente Donald Trump na Câmara dos Deputados, do escândalo de má conduta sexual que abalou a indústria do entretenimento e da polêmica do #OscarTãoBranco.

Quatro anos atrás, seus alvos incluíram cirurgias plásticas, Mel Gibson, Bill Cosby, a recém-assumida transgênero Caitlyn Jenner e piadas indecentes sobre usar sua estatueta do Globo de Ouro como brinquedo sexual.

“É ao vivo, então tudo pode acontecer. As estrelas estão lá. Eu as insultarei, se for isso que vocês querem”, disse Gervais no vídeo.

Entre as celebridades aguardadas no domingo devem estar Brad Pitt, Jennifer Aniston, Leonardo DiCaprio, Jennifer Lopez, Charlize Theron, Eddie Murphy e Al Pacino, indicados ao Globo de Ouro por filmes e séries de televisão que vão de “O Irlandês” e “Dois Papas” a “O Escândalo” e “The Crown”.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below