for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Eleitores do Oscar desprezam J.Lo, Eddie Murphy e De Niro; Banderas recebe primeira indicação

Atriz Jennifer Lopez 12/01/2020 REUTERS/Danny Moloshok

(Reuters) - Os eleitores do Oscar desprezaram grandes nomes, incluindo Jennifer Lopez, Eddie Murphy e Robert De Niro, nesta segunda-feira, mas deram uma surpreendente primeira indicação ao ator espanhol Antonio Banderas pelo filme espanhol “Dor e Glória”.

A cantora e atriz Lopez foi amplamente elogiada por seu papel como uma empreendedora do pole dance em “As Golpistas”, assim como Murphy em “Meu Nome é Dolemite”, mas nenhum deles esteve entre os candidatos aos prêmios de atuação que serão entregues na cerimônia em 9 de fevereiro. Ambos haviam sido indicados ao Globo de Ouro.

“A grande surpresa do dia deve ser Jennifer Lopez não receber a indicação de melhor atriz coadjuvante”, disse o crítico de cinema Owen Gleiberman, da Variety. “Havia muito burburinho sobre isso, muita expectativa. Muitas pessoas pensaram que ela ia vencer”.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, grupo composto por, aproximadamente, 8 mil membros que distribuem o Oscar também continuou com o direcionamento das demais premiações de Hollywood em dar de ombros à atuação de Robert de Niro em “O Irlandês”.

De Niro, duas vezes vencedor do Oscar, foi indicado como produtor por “O Irlandês”, que concorrerá a melhor filme, mas não por sua atuação no épico da máfia. Ele também não conseguiu uma indicação ao Globo de Ouro ou ao Screen Actors Guild Award.

O ator cômico Adam Sandler tinha ganhado elogios por seu papel dramático no thriller policial “Joias Brutas”, mas os eleitores o deixaram de fora das indicações ao Oscar. Gleiberman classificou a performance de Sandler como “extraordinária”.

“É um filme incrível, uma performance realmente ótima que mostra que Adam Sandler realmente tinha um tipo de grandeza nele”, disse Gleiberman.

Banderas, ator de 59 anos de filmes como “A Máscara do Zorro” e “Evita”, recebeu sua primeira indicação ao Oscar por interpretar um diretor de cinema refletindo sobre suas escolhas de vida em “Dor e Glória”. O filme foi dirigido por Pedro Almodóvar, que baseou o longa em sua própria história de vida.

“Frozen 2”, sequência de sucesso de bilhetaria da Walt Disney, falhou em garantir uma vaga na categoria de melhor animação, que incluiu dois lançamentos menos conhecidos da Netflix Inc - “Klaus” e “Perdi Meu Corpo”.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up