for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

'Bad Boys para Sempre' vence 'The Gentlemen' nas bilheterias dos EUA

LOS ANGELES, (Variety.com) - “The Gentlemen”, da STX, não foi páreo para “Bad Boys para Sempre”, da Sony, que mais uma vez deixou os adversários comendo poeira após arrecadar 34 milhões de dólares em seu segundo fim de semana nas bilheterias.

O total, que leva a continuação da franquia de Will Smith e Martin Lawrence além da marca de 100 milhões de dólares, foi mais do que o bastante para reivindicar o primeiro lugar pelo segundo fim de semana consecutivo. O filme continua a impressionar e gerou 130 milhões de dólares nos EUA até agora.

Apesar de “The Gentlemen” ter tido um fim de semana de estreia respeitável, é provável que “Bad Boys para Sempre” tenha atraído parte do seu público-alvo, por ser outra comédia de ação com foco na audiência masculina. Estreou em quarto lugar, com 11 milhões de dólares, em 2.156 locais. A STX comprou os direitos americanos da Miramax por 7 milhões de dólares; a VVS Films está distribuindo o filme no Canadá.

“The Gentlemen” fez 22,5 milhões de dólares na bilheteria internacional, na qual a Entertainment Film, Roadshow e Miramax estão lidando com a arrecadação.

A comédia de ação recheada de estrelas - dirigida por Guy Ritchie e com Matthew McConaughey, Charlie Hunnam e Henry Golding - segue um expatriado americano que busca lucrar com seu império de maconha sediado em Londres.

No entanto, como esperado, o plano não funciona sem os seus problemas. “The Gentlemen” recebeu boas críticas e ganhou a nota “B+” dos espectadores no CinemaScore, a maioria dos quais homens com mais de 35 anos.

Outro novo filme, o thriller da Universal, “Os Órfãos”, estreou em sexto lugar, com 7,3 milhões de dólares, de acordo com as expectativas. Surpreendente para um filme com nota “F” no CinemaScore, “Os Órfãos” teve um fim de semana de estreia melhor que “Cats”, o mais recente fracasso do estúdio que rendeu por volta de 100 milhões de dólares.

“Os Órfãos”, baseado em uma história de fantasma de 1989, concentra-se em uma babá (Mackenzie Davies) que cuida de duas órfãos perturbadas (Finn Wolfhard e Brooklynn Prince).

Em segundo lugar, “1917’, da Universal, impressionou novamente nos cinemas, após acrescentar fortes 15,8 milhões de dólares em seu terceiro fim de semana. O épico da Primeira Guerra Mundial do diretor Sam Mendes, visto como favorito ao Oscar deste ano, chegou aos três dígitos neste fim de semana, com um total doméstico de 104,2 milhões de dólares.

Na bilheteria estrangeira, “1917” recebeu 23,71 milhões de dólares em 50 territórios estrangeiros, levando a venda de ingressos internacional a 96,6 milhões de dólares e 200 milhões de dólares mundialmente.

Outro queridinho dos prêmios, “Adoráveis Mulheres” está se aproximando de uma marca parecida nos EUA. A abordagem de Greta Gerwig à história clássica fez 93,75 milhões de dólares até agora. A adaptação ficou em oitavo lugar, com mais 4,7 milhões de dólares.

“Dolittle”, da Universal, a mais nova versão do veterinário que pode falar com animais, ficou em terceiro lugar, com 12,5 milhões de dólares, chegando a 44 milhões de dólares na bilheteria doméstica.

A aventura para toda a família com Robert Downey Jr. custou 180 milhões de dólares, o que significa que terá que ficar bastante tempo nos cinemas para evitar prejuízo.

“Star Wars: Ascensão Skywalker” passou dos 500 milhões de dólares, um dos 15 filmes a alcançar essa marca.

Globalmente, o último filme da trilogia fez 1,046 bilhão de dólares.

Na última semana de janeiro, a bilheteria doméstica permanece em alta de 12% em relação a 2019. Os cinemas devem receber um novo incentivo em fevereiro, quando a aventura de quadrinhos da Warner Bros. “Aves de Rapina” chegar à telona.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up