for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Tamara de Lempicka é destaque em leilão impressionista em Londres

Homem observa quadro "Portrait de Majorie Ferry" de Tamara de Lempicka, no Sotheby's, em Nova York 01/05/2009 REUTERS/Lucas Jackson

LONDRES (Reuters) - O quadro “Portrait de Marjorie Ferry”, de Tamara de Lempicka, deve chegar a 12 milhões de libras (16 milhões de dólares) quando for leiloado em Londres na próxima semana.

A pintura foi encomendada em 1932 pelo marido da estrela de cabaré britânica Marjorie Ferry no auge da fama de Lempicka em Paris.

“Ela era o tipo de heroína do Instagram de seu tempo”, disse Keith Gill, da casa de leilões Christie’s, sobre a pintora polonesa, que apareceu em muitas capas de revistas.

“É a primeira vez que temos uma artista feminina na capa do nosso catálogo impressionista de vendas, do qual temos muito orgulho”, acrescentou Gill.

Também irão a leilão uma obra de Alberto Giacometti, “Trois hommes qui marchent (Grand plateau)”, com previsão de atingir 12 milhões de libras, e a representação de George Grosz da Alemanha no final da Primeira Guerra Mundial, “Gefaehrliche Strasse”, com uma estimativa de até 6,5 milhões de libras (8,5 milhões de dólares).

Entre outros itens à venda estão obras de Picasso que abrangem três décadas diferentes da vida do artista: “La cafetiere” (estimativa de 1 a 1,5 milhão de libras), “Interieur au pot de fleurs” (estimativa de 7 a 10 milhões de libras) e “Nature morte au chien” (estimativa de 4 a 6 milhões de libras).

A venda de arte impressionista e moderna da Christie´s acontece no dia 5 de fevereiro.

Reportagem de Hanna Rantala

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up