for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Festival de cinema tcheco reduzido começa em auditório vazio

Funcionários preparam transmissão da abertura do Festival Internacional de Cinema Karlovy Vary 03/07/2020 REUTERS/David W Cerny

PRAGA (Reuters) - Um festival de cinema tcheco prejudicado pela pandemia de Covid-19 apresentou uma programação reduzida de filmes nesta sexta-feira com uma cerimônia de abertura em um auditório vazio e um tapete vermelho sem estrelas.

O Festival Internacional de Cinema Karlovy Vary, o principal evento cinematográfico do centro e do leste da Europa, anunciou em abril que estava cancelando suas atrações principais, já que o novo coronavírus estava interditando cinemas e aglomerações.

As restrições foram relaxadas desde então, permitindo que o presidente do festival, o ator Jiri Bartoska, apresentasse uma lista de 16 títulos estrangeiros e domésticos nesta sexta-feira.

Ele fez seu discurso no principal local do festival, com direito a tapete vermelho na entrada, mas sem convidados para percorrê-lo neste ano.

O evento costuma atrair celebridades de primeiro escalão, dezenas de filmes e centenas de fãs às salas de exibição da estância termal de Karlovy Vary entre junho e julho.

Neste ano, os organizadores disseram que os 16 títulos serão exibidos em 96 salas de todo o país.

“Todo ano, neste momento, apresentamos o Globo de Cristal (o prêmio do festival), e neste ano ele pertence a vocês, gerentes de cinema e espectadores”, disse Bartoska no discurso, registrado para ser exibido nos cinemas antes de cada filme.

“Neste ano, (o festival) vai até vocês, no ano que vem vocês vêm até nós”, ele acrescentou.

Os organizadores disseram que o festival integral, que foi criado em 1946, retornará em 2021.

Por David W. Cerny

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up