for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Rock ao vivo do carro: argentinos assistem ao primeiro show da quarentena

BUENOS AIRES (Reuters) - De seus carros e ao ar livre, os argentinos desfrutaram no sábado de seu primeiro show presencial desde que a quarentena começou em março, em uma noite em que buzinas substituíram os aplausos e luzes de telefones celulares foram trocadas por faróis de carros.

Coti Sorokin e sua banda Los Brillantes fizeram o público dançar no show realizado em um cinema drive-in às margens do Río de la Plata, nos arredores de Buenos Aires, com um rígido protocolo sanitário para prevenir a propagação do coronavírus.

“Queremos continuar fazendo música”, disse Coti, ao apresentar a música “Lá fora”, que ele chamou de seu “hino da quarentena”, já que foi composta, gravada e editada durante o isolamento.

No local com capacidade para 60 carros e três telões em uma noite radiante de inverno, Coti deu um show de cerca de uma hora e meia diante de uma plateia entusiasmada que festejou com luzes e buzinas cada uma de suas canções.

“É emocionante tê-lo aqui, poder vê-lo, ter contato real, não virtual, com a paisagem à beira do rio em um dia lindo. É muito bom, é um ótimo plano”, disse Nicolás Magaldi, um apresentador de televisão de 33 anos que compareceu ao concerto com sua esposa e filho.

A certa altura do recital, Coti desceu do palco e tocou na frente dos carros, respeitando o protocolo do município de San Isidro, bairro charmoso dos subúrbios de Buenos Aires onde foi realizado o concerto.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up