for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Produção de novo "Jurassic World" é suspensa devido a casos de Covid-19

Bryce Dallas Howard posa na pré-estreia de "Jurassic World" em Hollywood 09/06/2015 REUTERS/Mario Anzuoni

LOS ANGELES (Reuters) - A produção de “Jurassic World: Dominion”, da Universal Pictures, foi suspensa por duas semanas depois que algumas pessoas no set de filmagem foram diagnosticadas com Covid-19, disse o diretor Colin Trevorrow nesta quarta-feira.

“Todos tiveram resultado negativo pouco depois, mas devido aos protocolos de segurança, faremos uma pausa durante duas semanas”, tuitou Trevorrow.

A filmagem da aventura de dinossauros foi retomada na Inglaterra em julho com protocolos rigorosos para elenco e equipe para conter a disseminação do coronavírus. A produção foi interrompida em meados de março por causa da pandemia, que fechou sets de filmes e de televisão de todo o mundo.

Trevorrow não identificou quem foi diagnosticado na produção do filme, cujas estrelas incluem Chris Pratt e Bryce Dallas Howard.

A suspensão foi a segunda de um grande filme de Hollywood de que se tem conhecimento. No início de setembro, a produção de “The Batman”, da Warner Bros., também foi interrompida durante duas semanas depois que uma pessoa, supostamente o astro Robert Pattinson, foi diagnosticada com Covid-19.

A Universal Pictures, parte da Comcast Corp, anunciou na terça-feira que a data de lançamento de “Jurassic World: Dominion” está sendo adiada em um ano para junho de 2022.

Os estúdios de cinema têm reagendado datas e cancelado lançamentos de filmes enquanto a indústria tenta se recuperar do fechamento global das salas de exibição em março.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up