5 de Setembro de 2016 / às 15:09 / em um ano

Bridget Jones encara maternidade em novo filme da franquia

LONDRES (Reuters) - Vencedora de um Oscar, a atriz Renée Zellweger voltou a usar seu sotaque britânico para viver a atrapalhada londrina Bridget Jones no terceiro filme da franquia da amada personagem, agora na casa dos 40 anos, solteira novamente, mas inesperadamente grávida.

Renée Zellweger em lançamento do novo "Bridget Jones" em Londres. 5/9/2016. REUTERS/Dylan Martinez

A artista nascida no Estado norte-americano do Texas reprisa o papel da mulher obcecada com o peso e o amor em “O Bebê de Bridget Jones”, no qual Colin Firth, reencarnando o reservado Mark Darcy, e Patrick Dempsey, da série “Grey’s Anatomy”, são seus alvos românticos.

Renée interpretou o papel pela primeira vez em “O Diário de Bridget Jones”, de 2001, e depois em “Bridget Jones: No Limite da Razão”, de 2004, ambos baseados em romances dos anos 1990 de Helen Fielding.

Embora esteja mais velha e trabalhando como produtora de telejornal, Bridget, descrita por Renée como “um personagem que adoro”, ainda se depara com muitos percalços.

“Ela é familiar para mim”, disse Renée à Reuters em uma entrevista. “Mas foi um tipo de experiência criativa diferente descobrir como você mostra que uma pessoa evoluiu, mas ao mesmo tempo não trai a essência de quem ela é.”

O filme começa com Bridget fazendo 43 anos de idade e solteira após o rompimento com Darcy, com quem está envolvida há muito tempo.

Depois de se encontrar com ele e de conhecer o norte-americano Jack Qwant, vivido por Dempsey, Bridget fica grávida sem ter certeza de quem é o pai da criança.

“Ela está menos ingênua, acho, e é ótimo que seus dois... pretendentes são caras ótimos, então é um tipo diferente de rivalidade, porque acho que ela seria menos capaz de se apaixonar por um bobo a essa altura da vida”, disse Renée.

“O Bebê de Bridget Jones”, que tem estreia prevista para o dia 29 de setembro no Brasil, foi muito aguardado pelas fãs, que ficaram chocadas com o livro “Bridget Jones: Mad About the Boy”, de 2013, no qual Fielding eliminou Darcy e mostrou Bridget como uma mãe viúva com um amante de ocasião mais jovem.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below