15 de Setembro de 2016 / às 14:32 / um ano atrás

"Mr. Robot" e "The Americans" ameaçam soberania de "Game of Thrones" no Emmy 2016

(Reuters) - Um casal de espiões soviéticos da Guerra Fria e um hacker de comportamento social estranho estão desafiando os nobres que disputam o Trono de Ferro na cerimônia do Emmy no domingo, quando mais de 20 prêmios serão entregues para homenagear o melhor da televisão dos Estados Unidos.

Elenco da série "Mr. Robot" durante evento na Califórnia. 14/01/2016 REUTERS/Danny Moloshok

Favorito dos telespectadores, “Game of Thrones”, da HBO, espera manter sua coroa de melhor série de drama após uma aclamada sexta temporada.

Mas, depois de ser ignorado durante muito tempo, “The Americans”, do FX, que tem Keri Russell e Matthew Rhys nos papeis de espiões russos que se fingem de cidadãos norte-americanos, ou “Mr. Robot”, série da rede USA Network que conquistou um Globo de Ouro e na qual Rami Malek protagoniza um hacker tímido, também podem ficar com a principal estatueta.

“‘The Americans’ provavelmente é o maior adversário de ‘Game of Thrones’ este ano porque vem sendo esnobado há tempos pelo Emmy e esta foi a melhor temporada desse drama da FX”, disse James Hibberd, da publicação Entertainment Weekly.

“Game of Thrones” lidera com 23 indicações, incluindo várias de ator e atriz coadjuvante.

“(A série) teve uma temporada triunfante este ano, com muitos episódios memoráveis que os críticos e os fãs adoraram, então não consigo imaginar que vá perder enquanto ainda está em tal auge criativo”, disse Tom O‘Neil, editor do site de previsões de premiações Goldderby.com.

Já a competição de melhor comédia provavelmente não será tão dramática.

Após uma quinta temporada que refletiu a natureza surpreendente da atual campanha presidencial dos EUA, a sátira política “Veep” será difícil de derrotar. Sua protagonista, Julia Louis-Dreyfus, deve levar seu quinto prêmio seguido pelo papel da ambiciosa Selina Meyer.

“‘Veep’ é uma inevitabilidade do Emmy”, disse O‘Neil. “Este programa foi melhor do que nunca este ano e não tem nenhum concorrente sério”.

Mas o maior vencedor poder ser “American Crime Story – O Povo contra O.J. Simpson”, do FX, que recebeu 22 indicações pela dramatização de 10 horas do julgamento do ex-jogador de futebol americano O.J. Simpson por duplo assassinato em 1995 e que foi exibido com um pano de fundo contemporâneo de relações raciais tensas.

“‘O Povo contra O.J. Simpson’ pegou o que poderia ter sido um documentário ficcionalizado apelativo sobre crime e o elevou à categoria de televisão eletrizante e surpreendentemente atual”, afirmou Hibberd.

A série é vista como aposta certa na categoria de minissérie, e a atriz Sarah Paulson é favorita pelo papel da procuradora Marcia Clark.

Courtney B. Vance (Johnnie Cochran), Cuba Gooding Jr. (O.J. Simpson), David Schwimmer (Robert Kardashian), John Travolta (Robert Shapiro) e Sterling K. Brown (Christopher Darden) também foram indicados.

A cerimônia do Emmy será transmitida ao vivo pela rede ABC de Los Angeles e terá Jimmy Kimmel como apresentador.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below