October 3, 2017 / 11:52 AM / a year ago

Tom Petty, ícone do rock americano, morre aos 66 anos

LOS ANGELES (Reuters) - O roqueiro norte-americano Tom Petty, cujos vibrantes riffs de guitarra, voz crua e anasalada e inteligentes letras marcaram sucessos como “Refugee”, “Free Fallin’” e “American Girl”, morreu devido a um ataque cardíaco aos 66 anos de idade.

Cantor e compositor Tom Petty durante apresentação em Arizona, nos Estados Unidos 03/02/2008 REUTERS/Lucy Nicholson

Petty sofreu uma parada cardíaca e foi encontrado inconsciente em sua casa de Malibu, no início da manhã de segunda-feira.

O roqueiro foi levado ao Centro Médico Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), mas não foi possível reanimá-lo, disse seu empresário de longa data, Tony Dimitriades, em comunicado.

“Estamos arrasados de anunciar a morte prematura de nosso pai, marido, irmão, líder e amigo Tom Petty”, disse Dimitriades, em nome da família do artista.

Petty morreu pacificamente às 8h40 (00h40, no horário de Brasília), rodeado de familiares, amigos e de seus colegas de banda.

Bob Dylan chamou sua morte de “uma notícia chocante, esmagadora” em comunicado, à revista Rolling Stone.

Petty fez sua carreira como artista solo e com sua banda, The Heartbreakers, e ainda fez parte do supergrupo The Traveling Wilburys.

Petty e os Heartbreakers embarcaram em uma turnê pelos Estados Unidos neste ano para marcar seu 40º aniversário, e fizeram três shows no final de setembro em Los Angeles. A banda tinha duas apresentações agendadas para novembro, em Nova York.

Petty formou os Heartbreakers em meados dos anos 1970, mas foi só com o terceiro álbum da banda, “Damn the Torpedoes”, de 1979, que sua música realmente se destacou com sucessos como “Refugee” e “Don’t Do Me Like That”.

Ele e o grupo foram incluídos no Hall da Fama do Rock and Roll em 2002, quando foram descritos pelos organizadores como “os individualistas americanos quintessenciais” que capturaram a voz do cidadão comum.

“A música, pelo tanto do mundo que eu vi até agora, é a única mágica verdadeira que conheço”, disse Petty durante uma entrevista à CNN. “Há algo realmente honesto e limpo e puro, e toca você no coração”.

Na década de 1980, Petty também fundou o The Traveling Wilburys com Bob Dylan, Roy Orbison, George Harrison e Jeff Lynne, responsável por sucessos como “End of the Line” e “She’s My Baby”.

Em seu comunicado, Dylan disse que Petty foi “um grande músico, cheio de luz, um amigo, e jamais o esquecerei”.

O ex-Beatle Ringo Starr escreveu no Twitter: “Deus abençoe Tom Petty, paz e amor à sua família, eu com certeza sentirei falta de você, Tom”.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below