June 1, 2018 / 5:14 PM / 6 months ago

Capa da Vogue com princesa saudita dirigindo provoca revolta após prisão de ativistas

BEIRUTE (Thomson Reuters Foundation) - Uma foto na capa da revista Vogue Arábia que mostra uma princesa saudita ao volante de um conversível vermelho provocou revolta no reino conservador, depois que ativistas que defendiam o direito de mulheres dirigirem no país foram presas.

Quase uma dúzia de ativistas proeminentes foram presos no último mês, poucas semanas antes do fim de uma proibição que impede mulheres de dirigirem na Arábia Saudita.

A maioria dos presos eram mulheres que fazem campanhas há anos para as reformas que agora estão sendo implementadas.

Defensores das ativistas foram às redes sociais para acusar os editores da Vogue Arábia de insensibilidade pelo uso da imagem da princesa Hayfa bint Abdullah al-Saud.

“Digam à @VogueArabia que quando ela apresenta princesas reais falsamente como defensoras das #SaudiWomenDriving (Mulheres Sauditas Dirigindo, em tradução livre), defensoras reais estão em risco iminente”, escreveu no Twitter Fadi Al-Qadi, que se descreve como comentarista de direitos humanos em seu perfil.

“Uma princesa na capa da Vogue Arábia para comemorar o fim da proibição enquanto as ativistas pró-mulheres motoristas estão na prisão por traição”, tuitou outro usuário identificado como @Hala_Aldosari.   

         (Reportagem de Heba Kanso)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below