for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Cantora Dolores O'Riordan morreu afogada após intoxicação alcoólica, mostra autópsia

Cantora irlandesa Dolores O'Riordan posa para foto em Cannes, na França 27/01/2008 REUTERS/Gilbert Tourte

DUBLIN (Reuters) - Um médico-legista emitiu um parecer de morte acidental para Dolores O’Riordan, vocalista do grupo de rock irlandês The Cranberries, após ser informado nesta quinta-feira que a cantora morreu afogada devido a uma intoxicação alcoólica, relataram emissoras de TV.

A cantora de 46 anos foi encontrada submersa na banheira de seu quarto de hotel em Londres em janeiro após ingerir quantidade excessiva de álcool, disseram especialistas ao médico-legista de Westminster, segundo o canal irlandês RTE e a emissora britânica Sky News.

Dolores, cuja voz inconfundível alçou o grupo à fama rapidamente no início dos anos 1990, estava em Londres para realizar gravações antes de uma turnê.

A artista, cujos sucessos como “Linger” e “Zombie” a tornaram famosa quando ainda era uma jovem tímida de 22 anos, foi a voz de sua geração, disse o primeiro-ministro irlandês, Leo Varadkar, em janeiro.

Reportagem de Conor Humphries

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up