September 6, 2018 / 9:46 PM / in 3 months

Ator Burt Reynolds morre aos 82 anos

Burt Reynolds posa em entrevista em Londres 3/12/2015 REUTERS/Dylan Martinez

(Reuters) - Burt Reynolds, cujo charme e boa aparência fizeram dele um dos atores mais populares de Hollywood ao estrelar filmes como “Amargo Pesadelo”, “Golpe Baixo” e “Agarra-me se Puderes” nas décadas de 1970 e 1980, morreu aos 82 anos, disse nesta quinta-feira um porta-voz de seu empresário em Los Angeles.

Reynolds morreu na manhã desta quinta-feira no Jupiter Medical Center, na Flórida, relatou o Hollywood Reporter, citando o empresário do ator, Erik Kritzer.

    No auge de sua carreira, Reynolds foi um dos atores mais bem pagos da indústria cinematográfica, liderando uma série de sucessos de bilheteria até um declive em meados da década de 1980. Ele se recuperou em 1997 com uma indicação ao Oscar por “Boogie Nights – Prazer Sem Limites” e venceu um prêmio Emmy por seu papel na série de TV “Evening Shade”, que durou de 1990 a 1994.

Com seu bigode como marca registrada, Reynolds foi um sex symbol masculino da década de 1970. Ele apareceu pelado – se inclinando em um tapete de pele de urso com seu braço estrategicamente posicionado para cobrir suas intimidades – na revista feminina Cosmopolitan em 1972.

    A vida pessoal de Reynolds às vezes ofuscou seus filmes, incluindo casamentos que terminaram em divórcios com as atrizes Loni Anderson e Judy Carne e romances com Sally Field e Dinah Shore, entre outras. Seus problemas financeiros e sua luta com medicamentos prescritos para dor também geraram atenção.

    Reynolds citou o filme “Amargo Pesadelo”, do diretor John Boorman e indicado ao Oscar em 1972, como seu melhor longa e disse lamentar que o entusiasmo gerado por sua aparição na Cosmopolitan tenha prejudicado o filme. Ele interpretou o durão Lewis Medlock no conto sobre uma viagem que deu errado na região rural da Geórgia.

    Ele estrelou dezenas de filmes, incluindo também “Sob o Signo da Vingança” (1973), “W.W. and the Dixie Dancekings” (1975), “Crime e Paixão” (1975), “No Mundo do Cinema” (1976) e “A Disputa dos Sexos” (1977). Ele foi a estrela que mais gerou lucros em bilheterias em uma pesquisa anual de exibidores de filmes de 1978 a 1982.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below