October 8, 2018 / 9:40 PM / a month ago

Bill Cosby busca novo julgamento por abuso sexual e sentença prisional reduzida

Bill Cosby deixa tribunal em Norristown 25/9/2018 Mark Makela/Divulgação via REUTERS

(Reuters) - Citando novas evidências, o comediante Bill Cosby pediu para o juiz da Pensilvânia que o enviou à prisão por até 10 anos por abusos sexuais conceder um novo julgamento, ou reduzir sua sentença por conta de supostos erros processuais.

Em documentos judiciais apresentados na noite de sexta-feira, os advogados de Cosby disseram que o juiz cometeu um erro ao não considerar adequadamente a idade e problemas de visão do comediante de 81 anos, e deveria ter se recusado a proferir sentença. Advogados de Cosby usaram anteriormente como ponto o fato de a esposa do juiz ser uma psiquiatra que trabalha com vítimas de abusos sexuais.

    “Ao desvalorizar o impacto atenuante da idade e incapacidade e subestimar qualquer perigo atual à comunidade”, o juiz Steven O’Neill, da corte de apelações do condado de Montgomery, impôs uma sentença cuja dureza viola estatutos e regras de sentença, disseram os advogados em moção de 11 páginas.

Cosby é a primeira celebridade a ser condenada por abusos sexuais desde o começo do movimento #MeToo nas redes sociais, que derrubou dezenas de homens poderosos na indústria do entretenimento, na política e em outros campos, ao exigir respeito pelas mulheres e maior representatividade.

O procurador distrital do condado de Montgomery, Kevin Steele, planeja apresentar uma resposta, mas não possuía comentários, disse sua porta-voz, Kate Delano.

    Após um júri considerar Cosby culpado em abril por três acusações de “agressão indecente agravada” por ter drogado e abusado sexualmente de sua então amiga Andrea Constand, O’Neill classificou Cosby em 25 de setembro como um “predador” e sentenciou o comediante de 3 a 10 anos de prisão.

O comediante, famoso nas décadas de 1980 e 1990 por suas séries de TV, foi escoltado para fora do tribunal algemado e começou a cumprir sua sentença imediatamente.

Reportagem de Peter Szekely, em Nova York

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below