for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Índia inaugura maior estátua do mundo para celebrar herói da independência

Visão geral da "Estátua da União" em Gujarat, na Índia 31/10/2018 REUTERS/Amit Dave

KEVADIA, Índia (Reuters) - A Índia inaugurou nesta quarta-feira a maior estátua do mundo, uma representação do herói da independência Vallabhbhai Patel, que custou 400 milhões de dólares e que tem quase o dobro da altura da Estátua da Liberdade de Nova York.

A “Estátua da União” de 182 metros, feita de aço e bronze e instalada em Gujarat, Estado de origem do primeiro-ministro, é parte dos esforços de seu partido hindu nacionalista para mudar a imagem o que chama de líderes “esquecidos”.

“Patel queria que a Índia fosse uma nação vigorosa, forte, sensível, vigilante e acomodatícia, e estamos trabalhando para isso”, disse o premiê, Narendra Modi, na cerimônia desta quarta-feira.

Modi, que ordenou a construção da estátua junto ao rio Narmada quando era ministro-chefe de Gujarat, disse no ano passado que houve esforços para “reduzir” ou “apagar da história” as contribuições de Patel, que ajudou a unir os 562 Estados principescos do país como seu primeiro ministro do Interior.

Os fundos para a estátua vieram do governo federal, de estatais e outras instituições, e a representação foi construída em 33 meses pela empreiteira Larsen & Toubro.

Retratando o calvo Patel em trajes tradicionais, com um xale sobre os ombros, a estátua utilizou 210 mil metros cúbicos de cimento, 25 mil toneladas de aço e 1.700 toneladas de bronze.

Alguns dos líderes que Modi qualificou como “esquecidos” eram do partido opositor e lutaram pela independência do controle colonial do Reino Unido em 1947.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up