November 27, 2018 / 1:52 PM / 9 months ago

Príncipe Harry oferece ajuda para aumentar população de elefantes da Zâmbia

Príncipe britânico Harry encontra presidente da Zâmbia, Edgar Lungu, em Lusaka 26/11/2018 REUTERS/Sumaya Hisham

LUSAKA (Reuters) - O príncipe britânico Harry ofereceu apoio à Zâmbia, na segunda-feira, para aumentar a decrescente população de elefantes do país, dando início a uma visita oficial de dois dias sem sua mulher grávida, Meghan.

O duque de Sussex, de 34 anos, foi recebido no aeroporto de Lusaka por dignitários e dançarinos tradicionais com vestimentas coloridas, seguindo para um encontro com o presidente Edgar Lungu e seus ministros.

Como presidente da entidade de conservação animal African Parks, Harry se ofereceu para levar ao país elefantes da vizinha Botsuana.

“O príncipe Harry disse ao presidente durante conversas a portas fechadas que a African Parks ajudará a transferir entre 500 e mil elefantes de Botsuana para o Parque Nacional Kafue da Zâmbia”, disse o porta-voz de Lungu, Amos Chanda.

“Ele disse que isso deve ajudar a fortalecer o turismo da Zâmbia e a gerar empregos, especialmente para os jovens”.

A African Parks administra parques nacionais em nome de governos para ajudar a proteger animais visados por caçadores, entre eles elefantes e rinocerontes.

Botsuana tem a maior população de elefantes da África, enquanto a Zâmbia tem dificuldades em atrair as mesmas multidões a seus parques de safári menos conservados.

         (Reportagem de Chris Mfula)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below