November 29, 2018 / 4:19 PM / a year ago

Unesco declara reggae tesouro cultural global

Ky-Mani Marley, filho de Bob Marley, posa em Kingston 6/2/2015 REUTERS/Gilbert Bellamy

PARIS (Reuters) - A Unesco declarou o reggae, ritmo musical jamaicano que se espalhou pelo mundo com seus pedidos de justiça social, paz e amor, um tesouro global que deve ser preservado.

Nascido nos bairros pobres de Kingston na década de 1960, o reggae refletiu tempos difíceis e dificuldades, mas também era uma música alegre e dançante com suas batidas diferenciadas.

O artista e compositor mais famoso do gênero, o falecido Bob Marley, se tornou uma estrela mundial com sucessos como “No Woman, No Cry” e “Get Up, Stand Up”. Outros nomes notáveis incluem Jimmy Cliff e Toots and the Maytalls.

Grupos como o The Clash incorporaram as batidas encorpadas e o viés político em suas próprias músicas, levando-as a uma audiência maior. O gênero se tornou conhecido do Reino Unido ao Brasil.

“Sua contribuição para o discurso internacional nos temas de injustiça, resistência, amor e humanidade ressaltam as dinâmicas do elemento como sendo ao mesmo cerebral, sócio-político, sensual e espiritual”, disse a Unesco em nota.

Por Sudir Kar-Gupta

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below