for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Dono da Virgin planeja show humanitário na fronteira da Venezuela

Richard Branson durante entrevista coletiva em Nova York 14/02/2019 REUTERS/Shannon Stapleton

CARACAS (Reuters) - Richard Branson está organizando um concerto visando arrecadar fundos para uma iniciativa de ajuda humanitária para a Venezuela, a ser realizado na cidade colombiana fronteiriça de Cúcuta na próxima semana, disse o bilionário britânico em um vídeo publicado em redes sociais.

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, está resistindo a esforços estrangeiros para o envio de alimentos e remédios ao país, que é vítima de uma hiperinflação e de uma fome crescente. Um comboio de ajuda enviado pelos Estados Unidos e pela Colômbia chegou na semana passada a Cúcuta, onde está sendo mantido em armazéns.

“O regime de Nicolás Maduro, que é responsável por esta crise, atualmente está recusando a entrada de qualquer ajuda humanitária no país”, disse Branson no vídeo.

“Precisamos romper este impasse, ou em breve muitos venezuelanos estarão à beira da inanição ou da morte”, disse, acrescentando que a iniciativa visa arrecadar 100 milhões de dólares em 60 dias.

O show está programado para o dia 22 de fevereiro e terá “um contingente maravilhoso de artistas regionais e internacionais”, contou, sem dar detalhes.

O líder opositor venezuelano Juan Guaidó, que invocou artigos da Constituição para se autoproclamar presidente interino do país, diz que a ajuda humanitária começará a entrar pela fronteira no dia seguinte.

O Grupo Virgin, que atende a mídia por Branson, disse que o vídeo é genuíno e que dará mais informações em breve.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up