February 22, 2019 / 7:34 PM / 9 months ago

Alvo de acusações, ator Jussie Smollett é cortado de série "Empire"

(Reuters) - O personagem do ator Jussie Smollett está sendo cortado dos últimos dois episódios da série dramática de hip-hop da Fox “Empire – Fama e Poder” depois que ele foi preso e acusado de fingir ter sido vítima de um crime de ódio, disseram representantes da atração nesta sexta-feira.

Jussie Smollett deixa departamento de correções em Chicago após pagar fiança 21/02/2019 REUTERS/Joshua Lott

A decisão veio um dia depois de o ator de 36 anos ser acusado de mentir à polícia de Chicago sobre o incidente supostamente forjado, no qual disse que dois homens mascarados o agrediram e colocaram um laço ao redor de seu pescoço enquanto gritavam ofensas racistas e homofóbicas.

Smollett pode passar três anos na prisão se for condenado pelo caso, que atiçou as divisões políticas que vêm abalando os Estados Unidos desde a eleição de Donald Trump em 2016.

O personagem de Smollett, Jamal Lyon, será retirado dos últimos dois episódios da atual temporada da série, segundo a 20th Century Fox Television, que disse querer evitar “transtornos adicionais” no set de filmagem da produção.

“Os eventos das últimas semanas foram incrivelmente comoventes para todos nós”, disseram os co-criadores e produtores de “Empire” em um comunicado. “Embora estas alegações sejam muito perturbadoras, estamos depositando nossa confiança no sistema de Justiça enquanto o processo transcorre.”

Os advogados de Smollett não responderam a um pedido de comentário nesta sexta-feira.

De acordo com a polícia, o ator, que é negro e abertamente gay, pagou 3.500 dólares a dois homens que são irmãos para que o atacassem no dia 29 de janeiro na esperança de progredir na carreira e por estar insatisfeito com seu salário.

A polícia não explicou como ele esperava melhorar o salário orquestrando tal farsa.

Embora inicialmente o ator tenha recebido grandes demonstrações de apoio nas redes sociais, outros duvidaram do ataque, que Smollett disse ter acontecido perto de seu apartamento de Chicago às 2h de uma noite gélida.

Em seu relato, Smollett disse que seus agressores também gritaram “este país é MAGA”, referindo-se à abreviação do slogan em inglês de Trump, “Faça a América Grande Novamente”.

Trump reagiu na quinta-feira, após Smollett ser acusado, tuitando: “E o MAGA e as dezenas de milhões de pessoas que você insultou com seus comentários racistas e perigosos!?”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below