February 25, 2019 / 11:44 PM / 6 months ago

Diretor francês Besson enfrenta inquérito de agressão sexual; investigação de estupro é encerrada

Diretor Luc Besson 17/02/2018 REUTERS/Axel Schmidt

PARIS (Reuters) - Procuradores franceses disseram nesta segunda-feira ter encerrado uma investigação preliminar de alegações de estupro contra o diretor Luc Besson, mas mais tarde confirmaram que um inquérito separado foi aberto para apurar novas acusações de agressão sexual.

Procuradores de Paris haviam aberto uma investigação em maio do ano passado, que, de acordo com fontes policiais, apurava a alegação de que uma atriz teria sido estuprada por Besson após encontrá-lo em um hotel na capital francesa.

O diretor de “Nikita - Criada para Matar” e “Busca Implacável” havia negado as acusações.

O caso foi encerrado após “numerosas investigações”, disse a Procuradoria de Paris em comunicado.

Em um segundo comunicado nesta segunda-feira, entretanto, a Procuradoria disse que uma nova investigação preliminar foi aberta em 21 de fevereiro.

“A Procuradoria de Paris recebeu uma queixa na semana passada denunciando um caso de agressão sexual”, disse o órgão, acrescentando que a polícia está verificando as alegações.

O advogado de Besson, Thierry Marembert, não pôde ser contatado de imediato para comentar a nova investigação. Mais cedo ele havia elogiado a decisão da Procuradoria de encerrar o inquérito de estupro.

“Essa decisão segue uma investigação muito minuciosa conduzida pela polícia judiciária, com a qual (Besson) cooperou completamente”, disse Marembert em comunicado.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below