March 21, 2019 / 7:14 PM / 5 months ago

Montagem nostálgica de 'Only Fools and Horses' acalma o dividido Reino Unido

LONDRES (Reuters) - A comédia britânica “Only Fools and Horses” foi exibida durante décadas, atraiu a maior audiência doméstica até os dias de hoje em um único episódio — e bateu recordes de bilheteria com uma versão musical no West End que ecoa em uma nação dividida pelo Brexit e anseia por tempos mais simples.

Muita coisa mudou no Reino Unido desde que Derek “Del Boy” Trotter e seu irmão mais novo, Rodney, ganhavam a vida nas décadas de 80 e 90 nas ruas de Peckham, no sudeste de Londres, vendendo qualquer produto duvidoso que chegasse a suas mãos.

“Estamos em uma situação incrivelmente polarizada, então é muito bom voltar e ver as coisas com lentes coloridas às vezes”, disse Tom Bennett, que interpreta Del Boy no musical, à Reuters.

“Simploriamente você poderia dizer que os tempos eram mais simples, melhores. De modo algum esse é o caso. Mas é engraçado. É um musical. É baseado em uma das melhores comédias já escritas”.

A versão original é criação de John Sullivan, cuja habilidade de escrever personagens carismáticos estava enraizada em sua experiência de crescer em uma família trabalhadora no sul de Londres.

O filho de Sullivan, Jim, é responsável pelo musical, em parceria com o ator e diretor Paul Whitehouse e a partir do desenvolvimento de ideias deixadas por seu pai.

Desde a estreia no mês passado, a peça já arrecadou mais de 8 milhões de libras e vendeu 150 mil ingressos, atingindo a marca de ingressos vendidos mais rápido na história teatral.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below