for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Trump diz que Departamento de Justiça revisará caso de ator de "Empire"

Ator Jussie Smollett deixa tribunal após audiência em Chicago 26/03/2019 REUTERS/Kamil Krzaczynski

(Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira que o Departamento de Justiça “revisará” o caso do ator Jussie Smollett, acusado de forjar um ataque de crime de ódio em Chicago, mas que teve a acusação descartada abruptamente por procuradores nesta semana.

Smollett, que é negro e gay, disse que dois homens o atacaram de noite em janeiro, colocaram um laço em seu pescoço, gritaram ofensas racistas e homofóbicas e expressaram apoio a Trump.

Mais tarde, procuradores o acusaram de pagar dois homens para fingirem que o atacavam para conquistar solidariedade.

Os procuradores, no entanto, descartaram as denúncias na terça-feira, dizendo que mantinham a acusação, mas que um acordo para Smollett abrir mão de sua fiança de 10 mil dólares foi um desfecho justo.

“O FBI e o DDJ revisarão o revoltante caso Jussie Smollett em Chicago”, tuitou Trump, referindo-se à Polícia Federal e ao Departamento de Justiça. “É um constrangimento para a nossa nação!”.

Smollett diz que é inocente e que não forjou o ataque.

Por Jonathan Allen

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up