May 30, 2019 / 1:48 PM / a month ago

Chewbacca, Ford e Hamill inauguram atração "Star Wars" em parque da Disney

ANAHEIM, Estados Unidos (Reuters) - Chewbacca entrou na cabine da Millennium Falcon e fogos de artifício brilharam no céu quando a Walt Disney inaugurou sua nova atração “Star Wars” no Disneyland Resort, na Califórnia, na noite de quarta-feira.

Lançamento de atração "Star Wars" em parque da Disney na Califórnia 29/05/2019 REUTERS/Mario Anzuoni

“Chewie, vamos acionar a Falcon!”, disse Mark Hamill, o ator que interpreta Luke Skywalker, na cerimônia de inauguração da área de 5,6 hectares agora chamada “Star Wars: Galaxy’s Edge”, que abre para o público na sexta-feira.

O Wookiee peludo teve dificuldade para ligar a espaçonave gigantesca, levando Harrison Ford, intérprete de Han Solo, a surpreender a plateia oferecendo ajuda.

Ford bateu na lateral da nave e disse “Peter, esta é para você”, uma saudação a Peter Mayhew, o ator que encarnou Chewbacca em cinco filmes, que morreu em abril.

Ford foi ao palco ao lado de Hamill, do diretor-executivo da Disney, Bob Iger, do criador de “Star Wars”, George Lucas, e de Billy Dee Williams, que interpretou Lando Calrissian.

Lucas criou a franquia de filmes “Star Wars” em 1977 e a vendeu à Disney em 2012. Ele aprovou com entusiasmo o “Galaxy’s Edge”, situado no Entreposto do Pináculo Negro, um assentamento em um planeta chamado Batuu que apareceu em livros “Star Wars”, mas nunca nas telas.

“Vocês fizeram um ótimo trabalho”, disse Lucas a Iger. “Poderia ter dado muito errado, mas não deu”.

“Isto é incrível, algo com que nem dava para sonhar cerca de 20 anos atrás”, acrescentou Lucas. “Mudará as suas vidas”.

A terra oferecerá aos visitantes a chance de entrar na cabine da Millennium Falcon e controlar um voo simulado.

Os visitantes também podem beber leite azul, comer carne espacial assada em um motor de pod de corrida sobressalente e tomar uma bebida em uma cantina no espaço sideral.

As expectativas são altas para as gerações de fãs da saga, muitos dos quais esperaram 40 anos desde o filme original para visitar uma versão realista da galáxia muito, muito distante.

“O objetivo era ser ambicioso, muito ambicioso”, disse Iger em uma entrevista concedida na manhã de quarta-feira. “Ser ousado, mas não só ousado em termos de escala, mas em termos de detalhes, arte, tecnologia e para ter certeza acima de tudo de que estamos agradando o fã mais ardoroso de ‘Star Wars’”.

Iger disse que é “provável que o “Galaxy’s Edge” seja levado para outros países, mas que a empresa ainda não decidiu os locais futuros.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below