July 13, 2019 / 7:32 PM / 3 months ago

Destruído por coletes amarelos, Le Fouquet reabre em Paris

PARIS (Reuters) - A famosa brasserie francesa Le Fouquet, na avenida de Champs Élysées, reabriu neste sábado, quatro meses depois de ser danificada por manifestantes durante um protesto dos “coletes amarelos” que acabou com várias lojas destruídas.

    Em 16 de março, manifestantes incendiaram o famoso toldo vermelho do restaurante e destruíram o seu interior, durante uma série de manifestações contra as políticas econômicas do presidente francês, Emmanuel Macron.

    O restaurante, fundado em 1899, é famoso devido a um jantar que celebrou a vitória do ex-presidente Nicolas Sarkozy nas eleições de 2007, um evento muito criticado na época. O local também recebe o jantar de gala após o prêmio César de cinema.

    O trabalho de restauração reproduziu o restaurante exatamente como era. “Acho que, por sermos tão renomados, além das fronteiras da França, por sermos parte da vida parisiense, creio que isso explica por que o dano teve tanto impacto”, disse a gerente geral do estabelecimento, Geraldine Dobey.    O número de manifestantes “coletes amarelos” diminuiu para poucas centenas nas últimas semanas, ante um pico de 300 mil em novembro.

    (Reportagem de Johnny Cotton)    

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below