April 12, 2020 / 4:55 PM / 4 months ago

Papa pede o fim do egocentrismo no mundo em meio à pandemia do coronavírus

VATICANO (Reuters) - O Papa Francisco clamou neste domingo por solidariedade global no combate à pandemia de coronavírus e suas consequências econômicas, pedindo o relaxamento de sanções internacionais, alívio da dívida das nações pobres e o cessar-fogo em todos os conflitos.

Ele também alertou a União Europeia de que correrá o risco de entrar em colapso se não se comprometer a ajudar na recuperação da região.

O discurso de “Urbi et Orbi” (para a cidade e o mundo) especial de Páscoa, transmitido de uma Basílica de São Pedro vazia e não para a multidão habitual de dezenas de milhares na praça do lado de fora, foi de longe o mais urgente e mais político do papa desde sua eleição em 2013.

Dizendo que a mensagem da “Páscoa da solidão” deste ano deve ser um “contágio de esperança”, ele elogiou médicos, enfermeiras e outras pessoas que arriscaram suas vidas para salvar outras e saudou os que trabalham para manter os serviços essenciais em funcionamento.

“Este não é um momento para indiferença porque o mundo inteiro está sofrendo e precisa se unir para enfrentar a pandemia”, disse ele na mensagem, quase inteiramente dedicada aos efeitos da pandemia nas relações pessoais e internacionais.

“Indiferença, egocentrismo, divisão e esquecimento não são palavras que queremos ouvir neste momento. Queremos banir essas palavras para sempre!”, disse ele.

Francisco expressou simpatia pelos que não puderam se despedir de seus entes queridos por causa de restrições, pelos católicos que não foram capazes de receber os sacramentos e por todos aqueles preocupados com um futuro incerto.

“Nessas semanas, a vida de milhões de pessoas mudou de repente”, afirmou ele.

O papa disse que agora é a hora de políticos e governos evitarem o “egocentrismo” e tomarem ações decisivas e coordenadas para ajudar as populações a passar pela crise e eventualmente retomar a vida normal.

“Que as sanções internacionais sejam relaxadas pois dificultam que os países aos quais foram impostas prestem apoio adequado aos seus cidadãos”, afirmou Francisco.

Ele também pediu reduções de dívida ou perdão para as nações mais pobres, sem citar nenhum país.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below