for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

"Ele é louco, mãe", disse Heard ao revelar temores sobre Johnny Depp em 2013

Ator Johnny Depp chega a tribunal em Londres 23/07/2020 REUTERS/Hannah McKay

LONDRES (Reuters) - A atriz norte-americana Amber Heard mandou uma mensagem para a mãe em 2013, dizendo que estava com o coração partido ao descobrir que seu então namorado, Johnny Depp, se tornava violento e abusivo quando consumia drogas e álcool.

Os textos foram lidos para a Suprema Corte de Londres, onde Heard está testemunhando em favor da editora do jornal britânico The Sun, que está sendo processada por difamação por Depp devido a um artigo de 2018 que o rotulou como “espancador de mulheres”.

Depp, que prestou depoimento na semana passada, nega todas as alegações de violência e abuso contra Heard e diz que ela o agrediu.

Nesta quinta-feira, o último dos quatro dias de testemunho oral de Heard, ela foi questionada sobre um incidente que, segundo ela, ocorreu em março de 2013, quando o casal estava namorando, mas ainda não era casado.

Heard afirmou ter enviado mensagens para sua mãe ao longo de um período de horas durante as quais houve abuso de drogas, bebida e violência.

“Ele é louco, mãe. Violento e louco. Estou com o coração partido por ISTO ser quem eu amo”, disse ela em um dos textos.

“Sinto que estou em um trem muito rápido que está prestes a explodir, mas não quero pular e deixar meu amor para trás. Então fico no trem. Mesmo sabendo que está prestes a explodir”, afirmou ela em outra mensagem.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up