for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Pergaminho chinês raro de 700 anos vai a leilão em Hong Kong

Pergaminho "Cinco Príncipes Bêbados Voltando em Lombo de Cavalo" do artista Ren Renfa, exposto na Sotheby's, Hong Kong, China 23/9/2020 REUTERS/Tyrone Siu

HONG KONG (Reuters) - Um pergaminho chinês pintado de 700 anos da dinastia Yuan intitulado “Cinco Príncipes Bêbados Voltando em Lombo de Cavalo” deve ser vendido por algo entre 10 milhões e 15,5 milhões de dólares em um leilão próximo da Sotheby’s em Hong Kong.

Outrora de posse de imperadores chineses e pintado por Ren Renfa (1255-1327), mestre da dinastia Yuan, o pergaminho de dois metros de comprimento será leiloado com outras obras de arte raras em 8 de outubro.

“Esta é uma pintura que entrou na coleção da corte no século 18, na coleção do imperador Qianlong. Ela terá os selos do imperador Qianlong, de seu filho, Jiaqing, e de outros imperadores da dinastia Qing”, disse o presidente da Sotheby’s para a Ásia, Nicholas Chow, em uma prévia para a mídia nesta quarta-feira.

O pergaminho mostra os cinco príncipes e quatro atendentes, que também aparecem a cavalo em uma cena dinâmica.

“Estava nas mãos de Pu Yi, o último imperador, que o tirou da Cidade Proibida e depois disso o vendeu no mercado. E ele entrou em várias coleções muito importantes no Ocidente. E está aqui conosco hoje”, acrescentou Chow.

Entre as outras obras expostas pela Sotheby’s está um pergaminho completo da famosa obra “A Turnê de Inspeção do imperador Kangxi ao Sul” do artista Wang Hui, da dinastia Qing.

Seus 12 pergaminhos, que têm 200 metros de comprimento no total, estão espalhados por todo o mundo. A Sotheby’s descreveu sua apresentação de um pergaminho completo como única – e o item não está à venda.

Por Aleksander Solum e Reuters Television

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up