25 de Novembro de 2008 / às 13:42 / em 9 anos

China dá pouca atenção a novo álbum do Guns N' Roses

PEQUIM (Reuters) - A China deu pouca atenção na terça-feira ao novo e polêmico álbum dos roqueiros americanos do Guns N’ Roses, “Chinese Democracy”, dizendo que a música é ruim e que a banda não é tão popular assim, de qualquer maneira.

<p>Foto de arquivo do rockstar Axl Rose no Video Music Awards de 2006, em Nova York. China d&aacute; pouca aten&ccedil;&atilde;o a novo &aacute;lbum do Guns N' Roses.REUTERS/Lucas Jackson</p>

O primeiro álbum da banda em 17 anos foi lançada no domingo, e sua gravadora, a Geffen Records, já disse que acha pouco provável que o disco seja aprovado para ser vendido na China.

“Pelo que eu sei, muitas pessoas não gostam desse tipo de música”, disse em entrevista coletiva um porta-voz do Ministério do Exterior chinês, Qin Gang. “É barulhenta e clamorosa demais.”

Formada na Califórnia em 1985, a banda já vendeu mais de 100 milhões de álbuns em todo o mundo e conquistou muitos prêmios musicais internacionais. Seu single de sucesso de 1987 “Sweet Child o’ Mine” frequentemente é citado como uma das maiores faixas de rock de todos os tempos.

Mas o novo álbum atraiu reações de fúria de alguns internautas chineses, que acusam a banda de tentar suscitar má vontade em relação à China. Outros se mostraram mais ponderados.

“Perdoem-nos, eles não estão no topo do mundo há centenas de anos. É duro evitar ficar desatualizado”, dizia um post no popular portal chinês Mop.com (www.mop.com).

“Chinese Democracy” está no momento na 34a posição da lista Billboard Hot 100, segundo o site de paradas musicais www.billboard.com.

Em uma canção, Axl Rose menciona membros do grupo espiritual Falun Gong, proibida na China por ser considerada seita maligna.

A arte do álbum inclui o quadro a óleo de 2008 “Red Star”, do artista de Pequim Shi Lifeng, que retrata a impotência da população chinesa num Estado governado com mão-de-ferro. Também aparecem fotos de militares chineses e do horizonte de Hong Kong.

Mas o álbum não tem palavrões ou referências sexuais. Não foi o caso do último lançamento do Guns N’ Roses, que conseguiu passar pela censura chinesa.

Os dois álbuns “Use Your Illusion”, de 1991, eram repletos de imagens sexuais violentas, insultos agressivos, palavrões e idéias suicidas, e foram distribuídos pela Dunhuang, de Pequim.

De qualquer maneira, os notórios piratas chineses provavelmente vão desmentir o governo de seu país.

Pequim frequentemente proíbe filmes, livros e canções, mas eles geralmente acabam sendo vendidos em esquinas e lojas sob forma pirateada.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below