23 de Fevereiro de 2009 / às 03:44 / em 9 anos

Heath Ledger ganha Oscar póstumo de Melhor Ator Coadjuvante

LOS ANGELES (Reuters) - O ator australiano Heath Ledger, que morreu no ano passado, ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante no domingo, por seu papel como Coringa em “Batman -- O Cavaleiro das Trevas”.

<p>O ator Heath Ledger, que ganhou um Oscar p&oacute;stumo. REUTERS/Warner Bros./Handout (UNITED STATES).</p>

Ledger, que morreu aos 28 anos de overdose acidental de remédios prescritos, é somente o segundo ator da história do Oscar a ganhar um prêmio póstumo. Dois meses depois de morrer de ataque cardíaco, o ator Peter Finch ganhou um Oscar em 1976, pelo papel em “Rede de Intrigas”.

O Oscar de Ledger também é uma exceção, pois a Academia costuma ignorar os filmes de super-heróis.

“Este prêmio... validou a determinação de Ledger de ser realmente aceito por todos vocês aqui, seus colegas, em uma indústria que ele amava tanto”, disse o pai de Ledger, Kim, ao aceitar o prêmio em nome do filho, ao lado da mãe de Ledger, Sally Bell, e da irmã, Kate Ledger.

“Estamos realmente lisonjeados pela honra e o respeito recebidos por ele com este prêmio”, disse Sally Bell.

Ledger foi encontrado morto em um apartamento em Nova York, cinco meses antes do lançamento de “Cavaleiro das Trevas”.

A performance do ator, além do interesse despertado por sua morte, renderam ao filme mais de 1 bilhão de dólares nas bilheterias.

Ledger foi indicado a um Oscar em 2005, por “O Segredo de Brokeback Mountain”, mas não ganhou o prêmio.

Desta vez, Ledger levou praticamente todos os prêmios pelo papel de Coringa.

Nas últimas semanas, ele venceu um Globo de Ouro, um BAFTA, um prêmio do Sindicato de Atores e os de críticos norte-americanos e australianos. Ele foi bastante homenageado pelos atores, diretores e produtores que anunciaram os prêmios.

A estatueta irá para a filha de Ledger e da atriz Michelle Williams, Matilda, hoje com 3 anos, quando ela completar 18 anos.

Embora não fosse considerado um ator do primeiro escalão de Hollywood antes de sua morte, Ledger chamou atenção em 2001, por “Coração de Cavaleiro”. Mais tarde, convenceu os críticos de seu talento com “A Última Ceia” e “Não Estou Lá”.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below