5 de Março de 2009 / às 16:58 / em 9 anos

Michael Jackson confirma que fará shows em Londres

Por Mike Collett-White

<p>Popstar Michael Jackson faz gestos durante coletiva de imprensa em Londres, nesta quinta-feira. Jackson disse que se apresentar&aacute; este ano na capital brit&acirc;nica. REUTERS/Stefan Wermuth</p>

LONDRES (Reuters) - O popstar Michael Jackson disse à imprensa mundial e a centenas de fãs delirantes, na quinta-feira, que vai se apresentar em Londres ainda este ano, numa “chamada final ao palco para receber aplausos”.

Usando jaqueta preta em estilo militar, enfeitada com paetês prateados, o cantor de 50 anos fez seu anúncio na O2 Arena, com capacidade para 20 mil pessoas, onde fará dez apresentações a partir de 8 de julho.

“Obrigado a todos. Agora é para valer”, disse Jackson.

“Esses serão meus shows finais em Londres. Quando digo que agora é para valer, quero dizer que é para valer. Vou cantar as canções que meus fãs querem ouvir. Isto é para valer de verdade, é a chamada final ao palco para receber os aplausos.”

Ainda visto por seus fãs como “Rei do Pop”, Jackson vem vivendo como virtual recluso desde que foi absolvido num julgamento em 2005 por abuso sexual infantil.

Seu último álbum de material novo foi “Invincible”, lançado em 2001, e sua posição de um dos maiores nomes da música pop vem cada vez mais perdendo espaço para seus comportamentos bizarros, mudanças de aparência e dúvidas quanto a sua saúde.

Centenas de fãs se reuniram para conseguir ver seu ídolo em pessoa.

“É claro que vale a pena”, disse Shuhena Begum, 21 anos, que viajou de Birmingham, no centro da Inglaterra, para ver Jackson. “Minha família inteira é louca por Michael. Ele é o maior.”

Ela declarou que boa parte das notícias negativas publicadas sobre Jackson nos últimos anos são injustificadas. “Há pessoas aí fora que tentam parecer bonecas Barbie, mas ninguém diz nada. Quando se trata de Michael, é diferente.”

CETICISMO

Antes mesmo de ter sido confirmado um único concerto, a possibilidade de Jackson ser capaz de fazer uma série potencialmente longa de apresentações é vista com amplo ceticismo.

O corretor de apostas britânico William Hill já aposta que Jackson não vai comparecer para fazer a série de espetáculos anunciada.

Jackson é um dos maiores artistas musicais de todos os tempos e já vendeu estimados 750 milhões de álbuns. “Thriller”, lançado em 1982, é o álbum mais vendido da história.

Se ele der conta da proposta, uma série de concertos em um só lugar será ao mesmo tempo lucrativa e menos exaustiva que uma turnê.

Mas se os concertos não se concretizarem ou forem vistos como fracasso, Michael Jackson pode ter ainda mais dificuldade em fazer reviver uma carreira que está parada há tanto tempo.

Ele se apresentou em Londres no World Music Awards em 2006, mas o muito divulgado retorno foi descrito por críticos como fracasso retumbante depois de ele cantar, em voz alquebrada, apenas alguns versos de seu single feito para caridade “We Are The World”.

O cantor Prince deu uma grande injeção de reforço em seu perfil com uma série bem sucedida de 21 shows no O2 em 2007 que teria rendido 22 milhões de dólares, e Britney Spears deve apresentar-se no local em junho.

Michael Jackson começou sua carreira com seus irmãos no grupo Jackson 5, da gravadora Motown, e depois disso lançou uma série de álbuns solo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below