26 de Novembro de 2010 / às 19:42 / em 7 anos

Barbra Streisand lança livro em que fala de seu amor pelo design

Por Bob Tourtellotte

LOS ANGELES (Reuters) - Não é exatamente abrir sua casa a convidados em uma festa, mas, em se tratando da cantora e atriz Barbra Streisand e seus fãs, é quase isso.

Esta semana o primeiro livro de Streisand chegou às lojas, mas não se trata de uma autobiografia relatando sua passagem por filmes como “Funny Girl - A Garota Genial” ou “Nosso Amor de Ontem”, nem a criação dos álbuns da cantora que já venderam mais de 71 milhões de cópias.

Para sua estreia como autora, Streisand optou em vez disso por escrever sobre seu amor pela arquitetura, arte, decoração e paisagismo. O resultado é o livro “My Passion for Design”. Mas o título engana, pois no livro a estrela conta histórias de sua vida e carreira que influíram sobre as escolhas que fez ao projetar a casa de seus sonhos, em Malibu, Califórnia.

Falando sobre o fato de ter escrito o livro na primeira pessoa, Streisand disse à Reuters: “As pessoas andam me pedindo minha autobiografia, mas ainda não estou preparada para ir tão fundo em minha história pessoal. Acho que minha história acabou aparecendo aqui e ali neste livro.”

Em formato grande, com capa dura e muitas fotos, o livro da editora Viking faz o leitor acompanhar Streisand em sua jornada de vários anos, planejando, construindo e mobiliando um complexo que lembra uma fazenda do século 19 na Nova Inglaterra, com paiol, moinho, casa principal, casa da vovó e até mesmo galinheiro.

Não é a primeira casa que Streisand projeta para si mesma. Na verdade, ela já tem uma casa em estilo Art Déco e seus apartamentos em Nova York. Mas a casa de Malibu é onde Streisand e seu marido, James Brolin, passam a maior parte do tempo, e ela pode ser resumida em uma palavra: confortável.

Para completar os toques pessoais do livro, a própria Streisand fez a maioria das fotos.

Os leitores ficam sabendo que Streisand gosta de passar as manhãs na cama, com sua cadela, Samantha, a seus pés. Na cama, ela lê, escreve, come e até mesmo compra e vende ações na Bolsa.

O livro é dividido em seções referentes às diferentes partes do complexo. Streisand começa pelo galinheiro e depois passa para o jardim, onde ela cultiva suas próprias verduras.

Os estilos de design usados no complexo cobrem três séculos, entre o século 18 e o 20, mas o que todos têm em comum é o apreço por temas americanos. A casa principal tem o “Salão Federal”, que parece uma casa em Washington, a “Loja de Bonecas”, que abriga sua coleção de bonecas, e a Loja de Roupas Antigas, com roupas vintage.

Falando dos ambientes e seus diferentes estilos, Streisand explicou: “Eles representam as partes distintas de minha personalidade.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below