15 de Dezembro de 2010 / às 13:17 / 7 anos atrás

"Time" aponta Mark Zuckerberg como Personalidade do Ano

Por Daniel Trotta

<p>Mark Zuckerberg durante coletiva de imprensa em S&atilde;o Francisco. A revista norte-americana "Time" nomeou nesta quarta-feira o fundador do Facebook como Pessoa do Ano 2010. 15/11/2010 REUTERS/Robert Galbraith/Arquivo</p>

NOVA YORK (Reuters) - Mark Zuckerberg, fundador e executivo-chefe da rede de relacionamento social The Facebook, que já tem mais de meio bilhão de usuários, foi nomeado nesta quarta-feira Personalidade do Ano de 2010 pela revista “Time”.

A “Time” define a Personalidade do Ano como aquela que exerceu maior influência, para o bem ou para o mal, sobre os acontecimentos do ano.

“Este ano o Facebook passou de 500 milhões de usuários. ... A escala do Facebook é algo que está transformando nossas vidas. Uma em cada dez pessoas no planeta está no Facebook, e isso considerando que o site é proibido na China, onde vive uma em cada cinco pessoas do planeta”, disse o editor da “Time” Richard Stengel, ao anunciar o vencedor no programa “Today”, da NBC Television.

“Não se trata apenas de nova tecnologia. É engenharia social. Isso está mudando a maneira como nos relacionamos uns com os outros. Acho que está realmente afetando a natureza humana de maneira que nunca antes vimos.”

Zuckerberg era um estudante de 19 anos que cursava o segundo ano na Universidade Harvard em 2004, quando lançou um serviço na Web chamado Thefacebook.com, trabalhando em seu alojamento universitário. Hoje ele é um dos bilionários mais jovens do mundo, e as projeções são de que sua empresa, cujas ações não são negociadas em bolsa, tenha receita de 2 bilhões de dólares em 2010, segundo a “Time”.

Este ano Zuckerberg prometeu doar 100 milhões de dólares ao sistema de ensino de Newark, Nova Jersey, e foi tema do filme de Hollywood “A Rede Social”.

Aos 26 anos de idade, Zuckerberg é o ganhador mais jovem desde que Charles Lindbergh foi nomeado a primeira personalidade do ano da revista, em 1927, quando se tornou o primeiro piloto a fazer uma travessia solo do oceano Atlântico.

Desde então, a homenagem da “Time” virou uma referência cultural nos Estados Unidos.

Ela já causou polêmica em alguns anos, como quando Adolf Hitler foi nomeado, em 1938.

O vencedor de 2009 foi o presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke.

Uma pesquisa da “Time” indicou que este ano os leitores teriam escolhido como Personalidade do Ano o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, mas Stengel disse que os editores e correspondentes da revista optaram por Zuckerberg depois de fazer consultas internas e falar com ganhadores passados e outros grandes nomes mundiais.

O movimento político conservador norte-americano Tea Party foi a segunda escolha da “Time” para 2010, seguido por Assange, o presidente afegão, Hamid Karzai, e os 33 mineiros chilenos que passaram semanas presos debaixo da terra.

Reportagem de Daniel Trotta

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below