5 de Janeiro de 2011 / às 13:30 / em 7 anos

Alec Baldwin diz estar "muito, muito interessado" na política

LOS ANGELES (Reuters) - O ator Alec Baldwin, um liberal no espectro político norte-americano, disse nesta terça-feira que está “muito, muito interessado” em disputar um cargo político, mas não planeja deixar de lado seu trabalho.

<p>Alec Baldwin nos Emmys em Nova York. O ator, um liberal no espectro pol&iacute;tico norte-americano, disse nesta ter&ccedil;a-feira que est&aacute; "muito, muito interessado" em disputar um cargo pol&iacute;tico, mas n&atilde;o planeja deixar de lado seu trabalho. 22/11/2010 REUTERS/Jessica Rinaldi/Arquivo</p>

O ator, que atualmente interpreta um executivo de direita do setor de mídia na comédia de TV “30 Rock,” já havia expressado anteriormente aspirações políticas. Mas em sua conversa com o apresentador Eliot Spitzer, no programa “Parker Spitzer,” da TV a cabo CNN, ele pareceu ter avançado nessa posição.

“Sim, é algo em que eu estou muito, muito interessado,” disse Baldwin, de 52 anos, quando Spitzer lhe perguntou se a política era um “jogo” no qual ele queria entrar.

Mas Baldwin suavizou sua declaração ao dizer que está apenas começando a entender melhor o ofício do ator.

“Parar agora quando está de fato bom e exercê-lo (o ofício de ator) está bom, seria algo enormemente difícil de fazer,” disse ele. “No entanto, eu realmente acredito que as pessoas querem que alguém que realmente se importa com a classe média queira buscar um cargo público.”

A CNN divulgou uma transcrição e trecho do vídeo da entrevista, que irá ao ar no “Parker Spitzer” desta quarta-feira e na quinta-feira. Baldwin observou que todos os quatro ex-presidentes depois de Ronald Reagan foram educados nas escolas da Ivy League (referência ao grupo de universidades privadas de prestígio, associadas à elite).

“O que falta é... pessoas que não tenham perdido de vista o que a classe média do país precisa,” disse Baldwin, que foi criado em um subúrbio de Nova York, filho de professores.

Baldwin estudou na Universidade George Washington, na capital do país, e depois na Universidade de Nova York. Nenhuma das duas é uma instituição da Ivy League, como Harvard ou Yale.

Embora tenha alcançado fama e riqueza com filmes como “A Caçada ao Outubro Vermelho” e a indicação para o Emmy por “30 Rock,” Baldwin disse a Spitzer que ainda vai trabalhar todos os dias, como fazem muitas pessoas, e “o que quer que eu tenha acumulado não me modificou como pessoa.”

Sua entrevista à CNN não é a primeira em que ele fala de uma carreira política. No programa “60 Minutes,” em 2008, declarou que há muitos caminhos para ele além da carreira de ator.

“Vou chegar aos 50,” afirmou Baldwin na época. “Não há idade limite para disputar um cargo público, até certo grau. É algo que poderei fazer um dia.”

Reportagem de Bob Tourtellotte

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below