4 de Março de 2011 / às 19:18 / 7 anos atrás

Jeff Beck e Rod Stewart planejam álbum de blues radical

Por Dean Goodman

<p>O cantor brit&acirc;nico Rod Stewart se apresenta em Floriana, nos arredores de Valleta, em Malta, em agosto de 2010. O guitarrista Jeff Beck quer fazer um &uacute;ltimo &aacute;lbum maravilhoso com Stewart antes de o cantor virar presen&ccedil;a constante em Las Vegas. 03/08/2010 REUTERS/Darrin Zammit Lupi</p>

LOS ANGELES (Reuters) - O guitarrista Jeff Beck quer fazer um último álbum maravilhoso com Rod Stewart antes de o cantor virar presença constante em Las Vegas.

Os roqueiros britânicos, ambos com 66 anos, discutiram recentemente a possibilidade de colaborarem pela primeira vez em mais de 25 anos, com a esperança de que o projeto resultante retome a colaboração onde o trabalho inovador de blues deles parou no final dos anos 1960.

Beck disse à Reuters recentemente que ainda “há alguma quilometragem” que pode ser arrancada de um projeto de reencontro que vai retrabalhar radicalmente músicas antigas de nomes como Muddy Waters e Elmore James.

Mas tudo vai depender de Rod Stewart.

“Ele vai ter que ter uma performance nota dez, vocalmente falando”, disse Beck, que acredita que Stewart ainda é capaz disso.

Os dois velhos amigos se reencontraram em Los Angeles pouco antes do Natal e deitaram as bases do projeto. Stewart, o cantor que agrada a multidões, retomaria seu título de sucessor de direito de Sam Cooke, e Beck, o notório perfeccionista, forneceria uma base musical poderosa.

Será que Beck pretende sacudir o mundo, ao estilo do Led Zeppelin?

“Vamos fazer isso, sim”, disse Beck sem hesitar. “O projeto nem sequer verá a luz do dia se não for assim.”

Na verdade, ele prometeu destruir as fitas se o projeto for abortado.

No fim dos anos 1960, antes de se tornar um ídolo pop global, Rod Stewart teve sua grande chance, cantando canções de blues com o Grupo Jeff Beck, uma formação que teve vida curta, mas que poderia ter deixado o Led Zeppelin na sombra.

Os dois álbuns que fizeram juntos, “Truth” e “Beck-Ola”, firmaram “Rod the Mod” como um dos grandes cantores soul da Inglaterra. Mas então o grupo se desfez. Rod Stewart virou um grande astro do rock e raramente voltou a se testar. Jeff Beck continuou a ser um favorito cult.

“Ele deveria ter ficado comigo. Eu poderia ter poupado vocês de ‘Maggie May’”, brincou Beck, falando do primeiro grande sucesso de Stewart, em 1971.

Beck e Stewart tocaram juntos novamente em 1985, em um cover R&B de “People Get Ready”, de Curtis Mayfield.

A grande dúvida é o próprio Stewart, que se tornou pai pela oitava vez há algumas semanas. Ele e Stevie Nicks, do Fleetwood Mac, vão começar uma turnê norte-americana em 20 de março. Beck também tem um itinerário de turnê bastante cheio.

De acordo com a revista Rolling Stone, Stewart também está negociando para estender sua temporada recente no Caesars Palace de Las Vegas, para abranger temporadas múltiplas nos próximos dois anos.

E está pensando em se apresentar no Carnegie Hall, onde cantaria canções dos álbuns de sucesso “American Songbook”, nos quais interpretou standards antigos em estilo Frank Sinatra.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below