29 de Abril de 2011 / às 13:10 / em 7 anos

Príncipe William presta homenagem a Diana em casamento

Por Michael Holden

LONDRES (Reuters) - O príncipe William fez questão de que sua mãe, a princesa Diana, não “perdesse”, em suas próprias palavras, a cerimônia e as comemorações de seu casamento com Kate Middleton na abadia de Westminster nesta sexta-feira.

Sua noiva usou o anel de noivado de Diana, um hino cantado no enterro de sua falecida mãe foi entoado durante a cerimônia e Elton John - que cantou “Candle in the Wind” no funeral de Diana - estava presente entre os convidados.

Quatorze anos atrás, os olhos do mundo assistiram quando William, então com 15 anos, caminhou solenemente atrás do caixão de sua mãe pelas ruas lotadas de Londres rumo ao funeral.

William se casou com Kate Middleton diante de 2 mil convidados e um público de milhões por todo o mundo. Mas a pessoa mais notável por sua ausência foi Diana, que morreu em um acidente de carro em Paris em 1997.

A partir do momento em que o casal anunciou seu noivado em novembro passado, William fez absoluta questão de que a lembrança de Diana não fosse esquecida, dando a Middleton o grande anel de noivado oval de safira e diamantes de sua mãe.

“É muito especial para mim”, disse William aos repórteres na ocasião. “É minha maneira de garantir que minha mãe não perca o dia de hoje e a empolgação e o fato de que vamos passar o resto de nossas vidas juntos.”

Os preparativos do dia e da própria cerimônia estiveram repletos de lembretes de Diana.

“O único lado negativo (do casamento) é o lado triste”, disse Joan Lunden, apresentadora de TV norte-americana que cobriu o casamento de Diana em 1981 e é parte da equipe de cobertura do casamento real do canal Fox News.

“Aquele pensamento ‘Caramba, queria que Diana estivesse aqui.'”

Antes do casamento, o casal teria visitado o túmulo de Diana, numa ilha na propriedade de sua família em Althorp, no centro da Inglaterra.

“Foi muito importante para William levar Kate para visitar sua mãe antes do dia do casamento”, disse uma fonte ao jornal Daily Mirror. “É trágico que ela não esteja lá para ver a cerimônia e que nunca tenha conhecido a noiva.”

O discurso de casamento foi realizado pelo Bispo de Londres, Richard Chartres, que conhecia Diana desde seu casamento em 1981 com o príncipe Charles, pai de William, e foi o executor de seu testamento.

Ele também fez um discurso na cerimônia que marcou o décimo aniversário da morte de Diana.

Um dos hinos escolhido pelo casal para o serviço, “Guide Me, O Thou Great Redeemer” (Guia-me, Ó Grande Redentor, em tradução livre), foi o último a ser cantado no funeral de Diana.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below