7 de Outubro de 2011 / às 21:08 / em 6 anos

Presidente da Disney deixará o posto em 2015

Por Lisa Richwine

LOS ANGELES (Reuters) - O presidente-executivo da Walt Disney, Bob Iger, vai deixar o cargo em março de 2015 após quase uma década no posto, pondo em marcha um plano de sucessão para a maior companhia de mídia e entretenimento dos Estados Unidos.

A empresa não mencionou possíveis sucessores, mas as apostas do setor têm se focado no vice-presidente financeiro, Jay Rasulo, e no chefe de grandes parques temáticos e resorts da Disney, Tom Staggs.

Iger, de 60 anos, sucedeu Michael Eisner como presidente-executivo da Disney em outubro de 2005, o que significa que seu mandato como presidente-executivo terá menos de uma década de duração.

A liderança de Eisner na Disney, que está entre a maior e mais célebre --positiva e negativamente-- na história dos presidentes-executivos, durou 21 anos, de 1984 até 2005.

A ação da Disney fechou em baixa de 1,03 por cento, a 31,70 dólares. O valor de mercado da empresa aumentou mais de um terço desde que Iger iniciou seu mandato.

A Disney -- que gera cerca de 40 bilhões de dólares em receita anual -- está lutando contra a incerteza econômica e o potencial impacto sobre suas três maiores divisões: mídia, produtos de consumo e resorts de parques temáticos.

Iger manterá os cargos de presidente do Conselho de Administração e presidente-executivo até 31 de março de 2015. Após deixar o cargo, continuará a ser presidente-executivo do Conselho até 30 de junho de 2016.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below